Manter equilíbrio emocional em tempos de isolamento social

PorPatrícia Rocha,14 abr 2020 8:38

O impacto causado pela COVID - 19 afeta sobretudo a rotina da população. As pessoas foram obrigadas a entrar em isolamento social e nem todos lidam bem com a permanência em casa por muito tempo.

Vivemos momentos de pressão pois além de termos de nos proteger desta pandemia, também é o momento de manter um certo equilíbrio emocional.

Como manter o equilíbrio emocional face ao isolamento social imposto por COVID-19?

Ter equilíbrio emocional significa fazer uma boa gestão das nossas emoções, principalmente numa situação difícil e geradora de stress. Significa compreender aquilo que se sente e conseguir ganhar um distanciamento. Significa aprender e compreender o sentimento e o comportamento do outro. A partir daqui passa a ser possível encontrar soluções adaptadas e construtivas, para a pessoa e para os outros.

Seguem algumas práticas que podem ajudar a manter o equilíbrio emocional e passar esta fase com mais tranquilidade:

  • Aceitar o momento

Devemos avaliar a qualidade de pensamento no qual nos devemos focar: os pensamentos que nos fortalecem ou aqueles que nos enfraquecem? Fazer esta avaliação em momentos de crise, sem duvida nenhuma faz toda a diferença - trabalhe a aceitação dos fatos.

  • Viver um dia de cada vez

A incerteza de quando será o fim do isolamento pode levar a um peso emocional grande. Devemos focar-nos em coisas positivas tais como: que atividades devemos desenvolver para tirarmos partido desta situação, ou mesmo o que podemos aprender com isto!

Podemos aproveitar esta fase para uma análise interior e ver se queremos e o que queremos mudar.

  • Desconectar

A informação é importante para nos trazer a consciência sobre o momento actual que vivemos, mas ver, ouvir e falar sempre no mesmo assunto, pode alimentar emoções que estão desequilibradas, como medo, tristeza, depressão, stress. É preciso saber parar! Escolher uma fonte de confiança para se manter informado, numa hora exata e depois deixar de lado.

  • Criar empatia

Criar empatia significa pôr-se no lugar do outro, sentir as suas emoções sem que ela precise dizer. Neste momento difícil precisamos ser genuinamente caridosos, mostrar interesse pelos outros e diante das suas preocupações, principalmente para com os mais idosos e outros que de uma forma ou outra terão mais dificuldades. Criar empatia faz de ti uma pessoa positiva e que vive mais momentos bons do que maus.

  • Usar o tempo ao seu favor

Preste mais atenção na sua família e em si. Foque-se nos objetivos e no que quer para o futuro. Telefone, mande mensagens às pessoas que mais gosta e em quem confia. Não há melhor formar de evitar sintomas como ansiedade, aborrecimento do que “estar” com pessoas que amamos.

  • Criar rotinas

Levante-se à hora habitual, vista-se e faça a suas refeições nos horários habituais.

  • Fazer o que gosta

Ler um bom livro, ver séries, filmes ou um qualquer outro programa preferido como dançar ou fazer exercício físico ou outro qualquer. Aproveitar para fazer atividades que realmente lhe dão prazer e que muitas vezes acaba por adiar, por falta de tempo.

E lembre-se : a crise vai passar!! Como estaremos quando isto acontecer? O modo como estamos a lidar com o agora e o significado que damos a tudo o que está a acontecer, determina como estaremos no futuro. 

Patrícia Rocha

Coach

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Patrícia Rocha,14 abr 2020 8:38

Editado porSara Almeida  em  27 nov 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.