Um buraco negro destruiu uma estrela do tamanho do Sol e a NASA viu

PorExpresso das Ilhas,30 set 2019 8:19

Fenómeno é tão raro que acontece apenas uma vez em cada 10 mil a 100 mil anos. Agora o TESS, um telescópio espacial que caça planetas fora do nosso sistema solar, conseguiu ver um destes fenómenos.

O satélite Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS), que desde o ano passado anda à caça de exoplanetas, presenciou pela primeira vez o momento em que uma estrela é engolida por um buraco negro, um marco para o estudo deste raro fenómeno e um sucesso para a missão da NASA.

Segundo a CNN, que cita fontes da NASA, o buraco negro deverá ter uma massa equivalente a seis milhões de vezes a massa do Sol e está situado no centro da galáxia 2MASX J07001137-6602251, a uma distância de 375 milhões de anos-luz da Terra, na constelação Volans.

A estrela que acabou 'consumida' terá um tamanho similar ao do Sol.

O fenómeno, que é raro (acontece apenas uma vez em cada 10 mil a 100 mil anos), é apelidado pela NASA de "evento de perturbação de maré" (tidal disruption event, TDE). Trata-se do momento em que as forças gravitacionais de um buraco negro aprisionam a gravidade de uma estrela, que acaba por ceder e desfazer-se.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,30 set 2019 8:19

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 out 2019 17:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.