Brexit faz Jaguar Land Rover parar a produção

PorExpresso das Ilhas,6 nov 2019 8:27

A Jaguar Land Rover está a planear uma nova paralisação temporária das suas principais fábricas no Reino Unido. Paragem vai ter a duração de uma semana após a saída da Grã-Bretanha da União Europeia.

O Financial Times cita o CEO da Jaguar Land Rover (JLR), Ralf Speth, que admitiu que a maior construtora automóvel britânica fechará as suas fábricas em Halewood, Castle Bromwich, Solihull e Wolverhampton por até oito dias após a concretização do Brexit.

A JLR não poderá reabrir as suas linhas de montagem a curto prazo, se houver outro atraso no Brexit, já que a solicitação de componentes a fornecedores exige um longo prazo de entrega. A JLR foi forçada a fechar fábricas em Abril, quando o Brexit estava originalmente programado para acontecer. Mini, Vauxhall e Honda, entre outros, também fecharam nesse mês.

O FT alega que a empresa importa cerca de 20 milhões de peças para o Reino Unido por dia, o que significa que o stock não é realista. "Não podemos desligar e ligar novamente", disse Speth.

O CEO da JLR falava durante a cerimónia de inauguração do Centro Avançado de Criação de Produtos da JLR em Gaydon, Warwickshire. A nova instalação reunirá mais de 13.000 funcionários actualmente espalhados por mais de uma dúzia de unidades fabris da marca, simplificando custos de desenvolvimento e prazos para novos modelos.

Vinte e três dos órgãos da indústria automotiva do Reino Unido e da Europa uniram forças na semana passada para enfatizar o impacto "catastrófico" do Reino Unido de deixar a UE sem um acordo formal sobre o modelo operacional do sector, devido ao aumento das verificações nas fronteiras e tarifas de longo alcance.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,6 nov 2019 8:27

Editado porSara Almeida  em  18 nov 2019 6:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.