​Supremo da Guiné-Bissau recebe candidaturas de 24 partidos para as legislativas

PorExpresso das Ilhas, Lusa,11 jan 2019 10:54

O Supremo Tribunal de Justiça guineense recebeu 24 candidaturas de partidos políticos para participarem nas eleições legislativas na Guiné-Bissau, marcadas para 10 de Março, disse fonte daquela instituição.

Aquele órgão judicial, que na Guiné-Bissau tem as competências de tribunal constitucional e eleitoral, tem 14 dias, até 25 de Janeiro, para publicar as listas definitivas admitidas para concorrer nas eleições.

A Guiné-Bissau tem 49 partidos políticos legalizados.

Entre os 24 partidos políticos, que apresentaram candidaturas, destacam-se o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Partido da Renovação Social (PRS), União para a Mudança, Partido da Convergência Democrática e Partido da Nova Democracia, todos com assento parlamentar na actual legislatura.

O Madem-G15, grupo de dissidentes que saiu do PAIGC, e a Assembleia do Povo Unido - Partido Democrático da Guiné-Bissau também apresentaram as respectivas candidaturas.

A Guiné-Bissau deveria ter realizado eleições a 18 de Novembro de 2018, mas dificuldades técnicas e financeiras obrigaram ao adiamento do recenseamento eleitoral e à marcação de uma nova data para o escrutínio.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,11 jan 2019 10:54

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  16 jun 2019 23:22

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.