Estados Unidos saúdam regresso de Guaidó a Caracas

PorExpresso das Ilhas, Lusa,5 mar 2019 8:48

Guaidó
Guaidó(Reuters)

​O chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, saudou segunda-feira o regresso a Caracas do líder da oposição, Juan Guaidó, que se auto-proclamou Presidente interino da Venezuela e foi reconhecido pelos Estados Unidos e cerca de 50 países.

“Os Estados Unidos e todas as nações amantes da paz em todo o mundo estão a apoiar o Presidente interino Guaidó, a Assembleia Nacional e todas as forças democráticas que trabalham para organizar eleições livres e justas para restabelecer a democracia na Venezuela”, refere em comunicado.

O auto-proclamado Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, chegou ontem à tarde ao aeroporto internacional de Caracas, onde foi recebido por uma multidão composta por apoiantes e embaixadores de vários países europeus e latino-americanos, segundo imagens transmitidas em directo.

“A comunidade internacional deve unir-se e pressionar para acabar com o regime brutal de Maduro”, acrescentou Mike Pompeo no documento.

Guaidó, reconhecido Presidente interino venezuelano por cerca de 50 países, regressou à Venezuela após um périplo de uma semana por vários países daquela região e sob a ameaça de ser detido pelas forças de seguranças venezuelanas.

O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela proibiu, em finais de Janeiro, o auto-proclamado Presidente interino venezuelano de sair do país.

A crise política na Venezuela agravou-se em 23 de Janeiro, quando Juan Guaidó se auto-proclamou Presidente da República interino e declarou que assumia os poderes executivos de Nicolás Maduro.

Guaidó contou de imediato com o apoio dos Estados Unidos e prometeu formar um governo de transição e organizar eleições livres.

Nicolás Maduro, no poder desde 2013, denunciou a iniciativa do Presidente do parlamento como uma tentativa de golpe de Estado liderada pelos Estados Unidos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,5 mar 2019 8:48

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 nov 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.