OMS declara Covid-19 como uma pandemia

PorExpresso das Ilhas,11 mar 2020 15:55

O anúncio foi feito via Twitter pela Organização Mundial de Saúde. O Covid-19 é, a partir de agora, oficialmente considerado como uma pandemia. "Esta não é apenas uma crise de saúde pública, é uma crise que vai tocar todos os sectores - por isso, todos os sectores e todos os indivíduos devem estar envolvidos na luta", defende o Director Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

"A OMS tem vindo a avaliar este surto a todo o momento e estamos profundamente preocupados tanto com os níveis alarmantes de propagação e gravidade, como com os níveis alarmantes de inacção", disse esta tarde o Director Geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Dessa forma "fizemos a avaliação de que o COVID19 pode ser caracterizado como uma pandemia", reforça alertando que "pandemia não é uma palavra para usar de ânimo leve ou descuidado. É uma palavra que, se mal usada, pode causar medo injustificado ou aceitação injustificada de que a luta acabou, levando a sofrimento e morte desnecessários".

Tedros Adhanom, ainda recorrendo ao Twitter explica que "descrever a situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS sobre a ameaça colocada por este coronavírus. Não muda o que a OMS tem vindo a fazer e não muda o que os países devem fazer".

"Dos 118.000 casos reportados globalmente em 114 países, mais de 90% dos casos estão em apenas quatro países, e dois desses casos China e Coreia do Sul têm dados sinais claros de uma queda na epidemia", destaca o director Geral da OMS.

Até ao momento "81 países não reportaram nenhum caso Covid-19 , e 57 países reportaram 10 casos ou menos. Não podemos dizer isto suficientemente alto, ou claramente, ou com frequência suficiente: todos os países ainda podem mudar o curso desta pandemia", mas para que isto aconteça é preciso que “os países detectem, testem, tratem, isolem, rastreiem e mobilizem seus povos na resposta. Aqueles com um punhado de casos Covid-19 podem evitar que esses casos se tornem clusters, e esses clusters se tornem transmissão comunitária".

Qual a diferença entre epidemia e pandemia?

O termo epidemia aplica-se às doenças infecciosas e transmissíveis que ocorrem numa comunidade ou região e que se podem espalhar rapidamente entre as pessoas de outras regiões, originando um surto epidémico. Isso poderá ocorrer por causa de um grande desequilíbrio (mutação) do agente transmissor da doença ou pelo surgimento de um novo agente.

No entanto, com o tempo e um ambiente estável a ocorrência de doença passa de epidémica para endémica (localizada geograficamente) e depois para esporádica.

Já a pandemia regista-se quando as epidemias atingem grandes proporções, podendo espalhar-se por um ou mais continentes ou por todo o mundo, causando inúmeras mortes. Ou seja, quando uma doença existe apenas em uma determinada região é considerada uma endemia. Quando a doença é transmitida para outras populações, infecta mais de uma cidade ou região, denominamos epidemia. Porém, quando uma epidemia se alastra de forma desequilibrada espalhando-se pelos continentes, ou pelo mundo, ela é considerada pandemia.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a pandemia pode ter início com o aparecimento de uma nova doença na população, quando o agente infecta os humanos, causando doença séria ou quando o agente se espalha fácil e sustentavelmente entre humanos.

Os critérios de definição de uma pandemia são os seguintes: a doença ou condição, além de se espalhar ou matar um grande número de pessoas, deve ser infecciosa.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,11 mar 2020 15:55

Editado porSara Almeida  em  3 abr 2020 9:19

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.