​África com mais 268 mortos e 14.869 infetados nas últimas 24 horas

PorExpresso das Ilhas, Lusa,15 nov 2020 13:33

Mais 268 mortos relacionados com a covid-19 foram registados nas últimas 24 horas em África, região que totaliza agora 1.963.702 infetados (mais 14.869), de acordo com dados oficiais.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o novo coronavírus já provocou 47.104 mortos nos 55 Estados-membros da organização.

O número de recuperados é agora de 1.657.142, mais 10.319 do que na véspera.

O maior número de casos de infeção e de mortos regista-se na África Austral, com 838.157 infeções e 21.758 mortos por covid-19. Nesta região, a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza um total de 749.182 casos de infeção e 20.206 mortes.

O Norte de África é a segunda zona mais afetada pela pandemia, registando um total de 626.366 pessoas infetadas e 16.733 mortos.

Na África Oriental, há 237.552 casos e 4.630 vítimas mortais; na África Ocidental, o número de infeções é de 197.412, com 2.816 vítimas mortais; e a África Central regista 62.215 casos e 1.167 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 6.442 mortos e 110.547 infetados, seguindo-se Marrocos, que contabiliza 4.697 vítimas mortais e 288.211 casos de infeção.

Entre os seis países mais afetados estão também a Argélia, com 67.663 infeções e 2.153 mortos, a Etiópia, que regista 102.321 casos de infeção e 1.565 vítimas mortais, e a Nigéria, com 64.996 infetados e 1.163 mortos.

Em relação aos países africanos que têm o português como língua oficial, Angola regista o maior número de mortos, 322 óbitos e 13.374 casos e Moçambique tem o maior número de casos, 14.340 casos e 110 mortos.

Os restantes quatro são Cabo Verde (102 mortos e 9.780 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.104 casos), Guiné-Bissau (43 mortos e 2.419 casos) e São Tomé e Príncipe (16 mortos e 963 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, a 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsariana a registar casos de infeção, a 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.313.471 mortos e mais de 54 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, cidade da China.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,15 nov 2020 13:33

Editado porFretson Rocha  em  26 nov 2020 16:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.