Nova vaga de violência israelo-palestiniana após detenções

PorExpresso das Ilhas, Lusa,9 mai 2022 8:44

Israel e os territórios palestinianos registaram na noite de domingo novos e mortíferos actos de violência, pouco após o anúncio pelo Estado judaico da prisão de dois palestinianos suspeitos de terem matado três israelitas na quinta-feira.

Dois palestinianos foram mortos e um outro ficou ferido em diversos incidentes na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém, enquanto um polícia israelita foi ferido, segundo o exército, fontes hospitalares e um ministério palestiniano.

Um palestiniano que tentava entrar em Israel através do muro de separação a partir da Cisjordânia ocupada foi morto pelo exército israelita, indicaram o exército e um hospital.

Em comunicado, o exército disse ter "identificado uma [pessoa] tentando atravessar a barreira de segurança (...) perto de Tulkarem".

Os soldados "dispararam de acordo com os procedimentos", acrescentou o texto.

Um porta-voz do hospital israelita Sheba indicou de seguida que o palestiniano morreu devido aos ferimentos.

Um outro palestiniano morreu depois de ter sido atingido a tiro quando entrou, armado com uma faca, num colonato israelita na Cisjordânia.

Ainda no domingo, um homem esfaqueou um polícia israelita perto da Cidade Velha de Jerusalém, que foi transportado para o hospital.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,9 mai 2022 8:44

Editado porAndre Amaral  em  24 mai 2022 15:19

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.