​Líderes da África Ocidental discutem golpe de Estado no domingo em Abuja

PorExpresso das Ilhas, Lusa,29 jul 2023 6:35

Os dirigentes da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) reúnem-se em Abuja no domingo, para discutir o golpe de Estado no Níger que derrubou na quarta-feira o Presidente Mohamed Bazoum, anunciou hoje a presidência da organização.

"Na sequência do golpe de Estado na República do Níger, que derrubou o regime político constitucional neste país da África Ocidental, (...) o Presidente [da Nigéria] Bola Tinubu acolherá uma reunião especial dos líderes da região no domingo, 30 de julho, em Abuja", declarou o porta-voz da Presidência nigeriana, Dele Alake, em comunicado.

A Nigéria detém atualmente a presidência da CEDEAO.

A junta militar que protagonizou o golpe intitula-se Conselho Nacional para a Salvaguarda da Pátria (CNSP), e o novo “homem forte” do Níger é agora o general Abdourahmane Tchiani, apresentado hoje, através da televisão estatal nigerina, como "o chefe de Estado que representa o Níger nas relações internacionais".

O golpe foi condenado pela comunidade internacional, que tem apelado à libertação do Presidente Bazoum, detido no palácio presidencial desde quarta-feira.

A CEDEAO é composta pelos lusófonos Cabo Verde e Guiné-Bissau, além do Benim, Burkina Faso, Costa do Marfim, Gâmbia, Gana, Guiné-Conacri, Libéria, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria, Serra Leoa, Senegal e Togo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,29 jul 2023 6:35

Editado porFretson Rocha  em  14 abr 2024 23:27

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.