Detido alegado homicida do Sal

PorExpresso das Ilhas,19 jan 2018 9:50

Detenção foi feita na madrugada de hoje
Detenção foi feita na madrugada de hoje

Quase 48 horas após o crime, o alegado autor dos disparos que mataram Nuno Silva e feriram uma outra pessoa foi detido esta madrugada, confirmou, ao Expresso das Ilhas, fonte policial. O homem entregou-se à Polícia Nacional, no Sal.

Conforme informações avançadas por uma fonte policial, o suspeito da autoria do homicídio de Nuno Silva, que ocorreu no final da tarde de quarta-feira em Santa Maria, entregou-se esta madrugada na esquadra da PN, em Santa Maria, ilha do Sal e encontra-se detido nas instalações da PJ.

“Sobre o agora detido, recaem as acusações da prática de dois homicídios, sendo uma na sua forma tentada”, informa uma nota da PJ, acrescentando que o mesmo vai ser presente ao juiz ainda nesta sexta-feira, para aplicação das medidas de coacção.

Conforme a mesma fonte, o suspeito entregou também à polícia a arma do crime, “uma pistola semi-automática, calibre 6.35mm e 4 munições da mesma.”

Nuno Silva, funcionário da Global Drink, em Santa Maria, foi atingido com vários tiros por um antigo funcionário da empresa. Segundo informações policiais na base deste homicídio terão estado alegados problemas laborais entre as vítimas e o autor dos disparos.

Nuno Silva, além de funcionário da Global Drink, era também jogador do Académico do Sal. O clube, já divulgou uma nota de pesar, onde lamenta a morte do seu atleta.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,19 jan 2018 9:50

Editado porAdilson Pereira  em  15 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.