PJ ainda não conseguiu identificar cadáver encontrado em Achada Grande Trás

PorExpresso das Ilhas,19 jan 2018 16:39

Local onde as ossadas foram encontradas
Local onde as ossadas foram encontradas Rendy Santos

Ainda não foi possível determinar a identidade, nem tão pouco a idade da vítima, cujas ossadas foram encontradas ontem na zona de Ponta Bicuda, em Achada Grande Trás. Polícia Judiciária confirma tratar-se de uma vítima do sexo feminino.

Num breve comunicado enviado aos órgãos de comunicação, ao início da tarde de hoje, a Polícia Judiciária atesta que foram encontradas ossadas humanas – e não um corpo em elevado estado de descomposição como o Expresso das ilhas havia citado - na referida zona.

Sabe-se já que essas ossadas pertencem a um indivíduo do sexo feminino, “mas ainda não é possível determinar nem a idade, nem a identificação da vítima”, lê-se no comunicado.

De acordo com a PJ, as ossadas vão ser “submetidas a uma série de exames com vista a determinação da idade e a identificação”. Mais informações serão fornecidas logo que possível, conclui.

Recorde-se que na manhã de ontem, um grupo de jovens de Achada Grande Trás descobriu ossadas humanas na zona remota de Ponta Bicuda. Uma testemunha ocular avançou ao Expresso das ilhas que pelo tamanho do corpo deveria tratar-se de uma criança. Contudo, outras fontes garantiram à Inforpress tratar-se de uma mulher adulta.

Pelo que se sabe até agora, não é possível relacionar a descoberta com qualquer caso em investigação. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,19 jan 2018 16:39

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.