​Homem suspeito de matar irmão fica em prisão preventiva

A Polícia Judiciária deteve na passada sexta-feira, 13, o indivíduo acusado ter morto a tiro o irmão, de 29 anos. O crime aconteceu no mesmo dia, no bairro de Achada São Filipe, na cidade da Praia.

Tal como noticiou o Expresso das Ilhas, na sexta-feira, o crime terá ocorrido após um desentendimento entre os dois irmãos, relacionado com a repartição da herança deixada pelo pai. Ambos são filhos do empresário de construção civil, António Pedro Vaz, que morreu em Maio de 2013, vítima de atropelamento.

Segundo uma nota da PJ, o autor confesso, de 42 anos, entregou-se às autoridades na tarde do mesmo dia do crime.

“O indivíduo procurou a Polícia Judiciária, por volta das 17 horas, do dia 13 de Abril, confessando ter sido o autor do crime, tendo ficado detido nas instalações da Polícia Judiciária, até á tarde de sábado, 14, altura em que viria a ser apresentado ao tribunal”, lê-se.

Presente ao juiz para primeiro interrogatório, e aplicação de medida de coacção pessoal, o arguido ficou em prisão preventiva.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,16 abr 2018 11:30

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  21 nov 2018 3:23

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.