Detidos 14 suspeitos de crimes de armas, homicídio e roubo

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, no final da última semana, 14 indivíduos, na cidade da Praia e em São Vicente, suspeitos de crimes de armas, homicídio e roubo.

De acordo com a PJ, na capital do país foram detidos nove homens, sendo que um, de 19 anos, foi detido em flagrante delito, suspeito da prática de dois crimes de armas, tendo sido encontradas, no interior da sua residência, duas armas de fogo de fabrico artesanal, denominadas de “boca bedjo”.

Igualmente foram detidos, pela mesma brigada, fora de flagrante delito, oito indivíduos do sexo masculino, suspeitos da prática de nove crimes de roubo, seis crimes de arma, três crimes de ofensa simples à integridade, dois crimes de ameaça e um crime de homicídio na sua forma tentada.

Os suspeitos, com idades compreendidas entre os 17 e os 23 anos, são residentes nos bairros de Eugénio Lima, Fazenda, Moinhos e Vila Nova.

Na sequência dos crimes foram subtraídos das vítimas, um cão de raça labrador, um telemóvel, um tablet e 2.400 escudos em dinheiro. Ainda na sequência desses crimes, de acordo com a Polícia Judiciária, um cidadão foi vítima de vários golpes de pedras e garrafas.

Em São Vicente, a Brigada de Crimes contra a Propriedade deteve, fora de flagrante delito, cinco indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 18 a 21 anos, suspeitos da prática de uma série de crimes de roubos.

Os suspeitos, que vinham sendo investigados desde do mês de abril, pertencem a um grupo de indivíduos responsáveis por, pelo menos, quatro crimes roubos, cometidos nas localidades de Baía e Norte de Baía das Gatas.

Ainda não se sabe a medida de coacção aplicada a esses indivíduos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,24 dez 2018 8:50

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 ago 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.