MAI aposta em Diagnósticos Locais de Segurança para prevenção do crime

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,3 jul 2018 12:29

Ministro da Administração Interna, Paulo Rocha
Ministro da Administração Interna, Paulo Rocha(Rádio Morabeza)

Conhecer as realidades locais, criar oportunidades para que as comunidades se pronunciem e a policia possa actuar de forma mais efectiva na prevenção do crime. Eis um dos objectivos dos chamados Diagnósticos Locais de Segurança, projecto cuja apresentação decorre hoje e amanhã, na cidade da Praia.

O Ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, em declarações aos jornalistas, explica que os Diagnósticos são, no fundo, um estudo que incidirá sobre diferentes realidades.

"Temos, por exemplo, factores associados ao urbanismo. Se temos, por exemplo, uma escola com alguma degradação no ambiente envolvente, a política pública tem que se dirigir nesse sentido. O propósito é, de facto, sabermos que tudo o que seja a acção pública tenha claramente um foco que tenha como pano de fundo a segurança e que esteja a ser feita de forma preventiva", explica.

O pontapé de saída dos Diagnósticos Locais de Segurança será dado nos municípios com maior incidência de ocorrências criminais.

“Há um foco de territorial e o critério é os municípios de maior incidência de ocorrências criminais. Os dados e análises feitos apontam para sete os municípios de maior incidência. Obviamente que o município da Praia é o primeiro, mas apenas porque é o município que tem maior densidade demográfica”, avança.

A apresentação desta manhã, na Praia, contou com a presença da secretária de Estado adjunta e da Administração Interna de Portugal, Isabel Oneto.

Também hoje, à margem do evento, o Ministro da Administração Interna  avançou que as câmaras de segurança instaladas no âmbito do projecto "Cidade Segura" deverão ser inauguradas ainda neste mês de Julho.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,3 jul 2018 12:29

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 nov 2018 3:23

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.