Trabalhadores do INMG em greve a 26 e 27 de Fevereiro

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,11 fev 2019 10:48

Eduardo Fortes
Eduardo Fortes(Rádio Morabeza)

​Os trabalhadores do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) vão parar nos dias 26 e 27 de Fevereiro. Em causa, a alegada decisão da administração do instituto em reduzir 45% do prémio de produtividade dos trabalhadores.

A informação é avançada pelo secretário permanente do Sindicado dos Trabalhadores da Função Pública (SINTAP), Eduardo Fortes, que indica que o pré-aviso de greve já foi entregue.

"Depois de muitos anos a receberem o prémio de produtividade, este ano o Instituto Nacional de Meteorologia decidiu pagar apenas 55% do valor, alegando dificuldades e que o ano de exercício não foi bom, mas entendemos que não deve ser assim. É uma medida administrativa, e se quiserem que os trabalhadores e o sindicato façam fé neste argumento, pedimos que sejam apresentados os resultados dos anos anteriores, para que possamos conferir se, de facto, 2018 foi um ano de menos rendimento", diz.

A implementação, ainda em 2019, do plano de cargos, carreiras, e salários (PCCS) é outra exigência que consta do caderno reivindicativo.

"Queremos que o PCCS implementado ainda em 2019, até porque estes trabalhadores há 10 anos que tiveram aumento salarial, e isto é violento. Os governantes e administradores têm que ter consciência e analisar estas situações”, afirma.

A greve abrange 107 trabalhadores, a nível nacional.

O sindicato afirma que os trabalhadores estão abertos ao diálogo e propõem que o prémio de produtividade seja pago em duodécimos ao longo do ano.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,11 fev 2019 10:48

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  21 fev 2019 19:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.