Cabo Verde regista 18ª morte por COVID-19

Embarcações de pesca já foram resgatadas do Lazareto

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,27 jul 2019 9:33

O Instituto Maritimo e Portuário concluiu ontem à tarde as operações de desencalhe das duas embarcações da companhia Dalian Lian Run Pelagic Fisheries CO Lda.

As duas embarcações de pesca industrial, Ruitaifen 903 e Lian Run 35, de pavilhão da Guiné-Conacri, encalharam na tarde de terça-feira, na localidade do Lazareto, em São Vicente.

O navio Ruitafen 903 foi resgatado no dia 24 de Julho, a segunda embarcação LianRun 35 flutuou na tarde de sexta-feira.

As duas embarcações já estão agora atracadas na CABNAVE, para prosseguir com os trabalhos de reparação.

O vogal executivo do IMP, Manuel Vicente, fala em esforço conjunto para o sucesso da operação.

“Com a colaboração de todas as entidades envolvidas, com muita tranquilidade e uma avaliação dos recursos utilizados conseguiu-se o que se conseguiu [desencalhe das embarcações]. Foi um esforço conjunto que conseguiu este sucesso. Comunicar também que já foi instaurado um inquérito preliminar para apuramento dos factos, e a partir daí saber o que realmente aconteceu e tomar as medidas para que haja, efectivamente, segurança com os navios no porto”, afirma.

O responsável do IMP assegura que não houve vazamento de líquidos, descartando qualquer perigo de poluição.

“Confirma-se que não houve nenhum derrame de combustível, tanto é que a nossa preocupação a todo o momento era saber se nessas embarcações estavam a entrar água através do fundo. Tínhamos essa preocupação, que é um indicador importante ao se desencalhar um navio”, assegura.

Questionado sobre as dificuldades de comunicação observadas entre a equipa de salvamento e a tripulação dos navios, no primeiro dia dos trabalhos, Manuel Vicente afirma que esta questão será esclarecida com o inquérito.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,27 jul 2019 9:33

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 abr 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.