Ministério da Educação reitera “tolerância zero” ao abuso e violência contra as crianças nas escolas

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,15 nov 2019 6:10

Delta Cultura
Delta CulturaDelta Cultura

​O Ministério da Educação reiterou esta quinta-feira a política de “tolerância zero” em relação ao abuso e violência contra as crianças nas escolas, defendendo igualmente espaços educativos seguros como uma educação de “qualidade inclusiva”, “sem deixar ninguém para trás”.

O Ministério da Educação reagia, assim, em comunicado divulgado na tarde de ontem, às informações veiculadas pela Associação Delta Cultura nas redes sociais, sob o título “Práticas nas escolas públicas do Tarrafal contra as convenções das Nações Unidas e os Direitos das Crianças”.

Na “carta aberta”, dirigida à ministra da Educação, a Associação Delta Cultura denuncia, entre outras situações, o “uso frequente de violência corporal e verbal contra as crianças por parte de alguns professores das escolas primárias” do Tarrafal.

Na missiva, a associação lembra que através do seu “Centro de Educação Delta Cultura” vem apoiando diariamente 250 crianças e jovens do Tarrafal, e solicita a ministra que acabe com este acto e proceda ao despedimento de docentes que utilizam a violência no dia-a-dia nas suas aulas.

A tutela afirma que, apesar de não ter recebido oficialmente nenhuma queixa por parte da associação, e face à gravidade das informações, vai, através da Inspecção-Geral da Educação, proceder, “imediatamente” com o processo da averiguação da veracidade das denúncias enunciadas na carta publicada na rede social.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,15 nov 2019 6:10

Editado porSara Almeida  em  15 nov 2019 14:19

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.