Cabo Verde pede apoio à China e parceiros para combate ao coronavírus

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,11 mar 2020 15:02

Ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares
Ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares(Rádio Morabeza)

O governo de Cabo Verde pediu à China materiais médicos para o combate ao coronavírus. A informação foi avançada esta manhã, pelo ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares, em declarações aos jornalistas à margem da assinatura do protocolo de assistência militar com a China.

"Material médico, máscaras, etc. Muita coisa, muita coisa. Vamos aguardar, mas as perspectivas são boas, e Cabo Verde é um país com muitos amigos. Estaremos seguramente preparados para, com esses apoios que vamos mobilizando, enfrentar situações complicadas caso as tenhamos. Acreditamos que estaremos à altura dos desafios que se colocam ao nosso país", tranquilizou o ministro.

Luís Filipe Tavares avançou ainda que Cabo Verde tem estado a pedir apoio a todos os parceiros, nomeadamente à União Europeia.

“Ontem tivemos uma reunião do grupo local de seguimento da parceria especial Cabo Verde- União Europeia, abordamos esta questão com os embaixadores dos estados membros da União europeia e o próprio embaixador da União Europeia. Há abertura da parte da União Europeia também. Como se sabe a União Europeia disponibilizou um montante de 232 milhões de euros para apoiar o combate ao coronavírus, e nós já introduzimos junto da União Europeia um pedido concreto. Vamos aguardar com tranquilidade ”, avançou.

Luís Filipe Tavares terminou dizendo que o governo vai continuar a trabalhar com confiança para estar à altura dos desafios que se colocam ao país numa situação que é mundialmente muito complicada.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,11 mar 2020 15:02

Editado porSara Almeida  em  8 abr 2020 14:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.