Já foram realizados cerca de 800 testes rápidos de COVID-19

PorSheilla Ribeiro,12 mai 2020 18:43

Os dados do Ministério da Saúde mostram que já foram realizados cerca de 800 testes rápidos para pesquisa de anticorpos, até o momento.

Segundo o Director do Serviço de Controlo e Prevenção de Doenças, que falava hoje durante a conferência de imprensa diária, só na ilha da Boa Vista foram realizados, até ontem, um total de 262 testes, todos com resultados negativos.

Os testes feitos incluem quatro profissionais de saúde que se encontravam de quarentena, uma vez que fazem o atendimento das pessoas que estão nos isolamentos.

“Em relação à Boa Vista, também se aplicou a uma pessoa que já tinha o seu diagnóstico de COVID-19 através do PCR. Aplicaram o teste rápido para a pesquisa de anticorpos e o resultado foi positivo para imunoglobulina G e negativo para imunoglobulina M, o que significa que essa pessoa já tem imunidade para SARS-CoV-2. Pelo menos é o que este resultado nos pode indicar”, disse Jorge Barreto.

Essa mesma pessoa, prosseguiu, já tem dois exames de controlo de PCR negativos e o teste rápido foi-lhe feito apenas para verificar o desempenho do teste, já que os outros resultados tinham sido todos negativos.

Na Praia, até ao dia 10 foram realizados 578 testes, mas conforme Jorge Barreto, ainda não é possível fazer a discriminação dos dados, que estão ainda a ser trabalhados e brevemente serão apresentados.

O Director do Serviço de Controlo e Prevenção de Doenças fez saber ainda que o país já tem um total de 61 recuperados, sendo 47 na Boa Vista, 10 na Praia e três em São Vicente. Hoje, informou, a ilha da Boa Vista notificou uma alta e o Hospital Agostinho concedeu duas altas. Uma dessas altas, do HAN, refere-se a um dos casos de São Domingos.

Nesse sentido, o número de pessoas em quarentena passou de 375 para 372, sendo a maior parte no concelho da Praia.

Por sua vez, a presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), Maria da Luz Lima, pediu serenidade às pessoas que estão a espera dos resultados dos exames. Na ocasião, explicou que todos os resultados são entregues às autoridades sanitárias que fazem depois a distribuição dos resultados dos mesmo.

Conforme explanou Maria da Luz Lima, porque têm de ser isolados para cortar a cadeia de transmissão, os testes positivos têm prioridade.

“Os positivos têm de ser isolados rapidamente para cortar a cadeia de transmissão na medida do possível e dos negativos é depois feita a entrega dos resultados. Acredito que se as pessoas não forem contactadas serão negativas. Porque o laboratório tem feito o esforço, diariamente, para entregar os resultados mais rapidamente possível”, manifestou.

Entretanto, a presidente do INSP diz acreditar que amanhã todos os resultados negativos sejam entregues às pessoas ou pelo menos comunicados.

Cabo Verde regista até ao momento 267 casos confirmados, 208 na ilha de Santiago (204 na Praia, dois em Tarrafal e dois em São Domingos), 56 na Boa Vista e três em São Vicente. Dos 267, há,  até este momento, 61recuperados e dois óbitos.

O concelho da Praia reprsenta 76% de todos os casos de COVID-19 já notificados, a Boa Vista 21%, sendo que na Boa Vista não têm sido identificados casos novos há praticamente duas semanas. A taxa de letalidade global está em 0,7% e a taxa de letalidade para pessoas com mais de 60 anos está em 8,7%.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,12 mai 2020 18:43

Editado porAndre Amaral  em  11 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.