Criada Comissão Nacional de Coordenação para introduzir vacina em Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,20 dez 2020 15:36

​​O Governo já criou a Comissão Nacional de Coordenação para introdução da vacina contra a covid-19, órgão deliberativo cuja missão é planificar, coordenar e supervisionar a implementação das acções relativas à introdução da vacina no território nacional.

De acordo com uma resolução do executivo , a Comissão é presidida pelo representante do Ministério da Saúde e integra representantes dos sectores públicos e privados, da sociedade civil e das organizações internacionais em Cabo Verde.

"A CNC é assistida por uma Comissão Técnica Multidisciplinar (CMT) para a vacinação, que é constituída por peritos nacionais responsáveis pela formulação de pareceres independentes, baseados em dados factuais, destinados aos decisores políticos e gestores de programas sobre questões políticas relacionadas com as vacinas e a vacinação", lê-se no documento.

A Comissão Técnica será constituída por um especialista em saúde pública, um médico infectologista ou epidemiologista, um médico de medicina familiar, medicina interna ou pediatra, um técnico superior de análises clínicas e um técnico superior em ciências farmacêuticas.

À CMT compete avaliar as recomendações da Comissão Nacional de Coordenação para a vacinação, recolher dados sobre a covid-19 através de inquéritos, e o número de hospitalizações e óbitos associados à covid-19, por idade, sexo, doenças subjacentes, etnia precariedade económica e proporção de pessoas imunizadas.

“Aconselhar o Ministério da Saúde sobre os grupos prioritários que devem ser vacinados e sobre a melhor forma de comunicação a adoptar em relação à introdução da vacina contra a covid-19, emitir pareceres sobre as vacinas e a sua eficácia”, são outras competências da Comissão Técnica Multidisciplinar.

Recorda-se que, recentemente, o primeiro-ministro anunciou que "Cabo Verde deverá iniciar a vacinação contra a covid-19 no primeiro trimestre de 2021".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,20 dez 2020 15:36

Editado pormaria Fortes  em  24 jan 2021 14:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.