Elizeu Tavares é o novo coordenador da Plataforma Sindical Unir e Resgatar a UNTC-CS

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,31 mai 2021 12:32

Coordenador da Plataforma Sindical Unir e resgatar UNTC-CS, Elizeu Tavares
Coordenador da Plataforma Sindical Unir e resgatar UNTC-CS, Elizeu Tavares Rádio Morabeza

O dirigente sindical Elizeu Tavares é o novo coordenador da Plataforma Sindical Unir e Resgatar a UNTC-CS. A decisão saiu de uma reunião dos doze sindicatos que fazem parte desta plataforma e que se realizou durante os dias 25 e 26 de Maio.

Esta manhã, em conferência de imprensa, Elizeu Tavares disse que vai solicitar à secretária-geral da UNTC-CS a marcação de uma reunião de urgência do conselho nacional da central sindical.

“É quem, de facto e de jure, tem competência para, anualmente, definir as grandes linhas de orientação estratégica desta Central Sindical, analisar e aprovar os relatórios e contas, planos de actividades e orçamentos, bem como apreciar e decidir os pedidos de filiação. Praticamente não se reuniu, desde que foi eleita, em Novembro de 2016, ou seja, há quase 5 (cinco) anos. É a primeira vez que isto acontece, em mais de 40 anos de história da UNTC-CS! Isto é um escândalo e ultrapassa todos os limites. Como a desculpa que a actual Secretária Geral desta Central Sindical vem utilizando, tem sido a falta de recursos financeiros, o que não é verdade”, avança

Elizeu Tavares diz que os Sindicatos que fazem parte da plataforma estão dispostos a custear as despesas de deslocação e estadia dos seus membros, que também integram a UNTC-CS, com vista a viabilizar a reunião do órgão.

O coordenador revela que vai impugnar junto dos tribunais as decisões que classifica de "unilaterais e ilegais” que têm vindo a ser tomadas pela secretária-geral da central. “Nomeadamente a de aumentar as quotas de filiação dos Sindicatos, para o dobro e o triplo dos valores que antes estes pagavam, sem discussão e aval prévios do Conselho Nacional, órgão máximo, entre congressos, da referida Central Sindical, como estratagema para os colocar em situação de devedores e, a partir daí, invocar e justificar a não participação dos mesmos, quer na reunião do Conselho Nacional, quer no Congresso da UNTC-CS”, explica.

A Plataforma Sindical Unir e Resgatar UNTC-CS, é constituída por uma dúzia de sindicatos e tem como coordenador Elizeu Tavares, coadjuvado por dois coordenadores adjuntos, Tomaz Delgado, presidente do SIMETEC, em São Vicente, e Maria de Brito Monteiro, presidente do SINTCAP, no Sal. Fazem parte do núcleo coordenador Luís Fortes, secretário-permanente do SINTAP, em São Vicente, e Carlos Bartolomeu do SLTSA, de Santo Antão.

Manuel Gonçalves Varela, membro do conselho Nacional da UNTC-CS, e actual presidente interino do STIF, é secretário executivo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,31 mai 2021 12:32

Editado porAndre Amaral  em  12 mar 2022 23:20

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.