​“PN esclareceu 72 % das ocorrências registadas até Setembro” - Director Nacional

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,16 nov 2023 11:50

A Polícia Nacional (PN) esclareceu 72% das 17.262 ocorrências registadas de Janeiro a Setembro, deste ano. Segundo o Director Nacional da PN, foram realizadas mais de 200 mil operações, incluindo fiscalizações e intervenções, um aumento de 35 % quando face ao mesmo período de 2022.

Emanuel Moreno discursava esta quarta-feira no acto central de celebração do Dia da Polícia Nacional, realizado pela primeira vez em São Vicente.

“A PN esclareceu 72% das 17.262 ocorrências registadas na Polícia Nacional no referido período, a nível de Cabo Verde. Das 204.088 ocorrências, incluindo acções de fiscalização, diversas intervenções policiais no geral, planeadas e organizadas em estreita coordenação com outras entidades, isto é mais 35% em comparação com o período homólogo, algumas das quais de elevado risco”, indicou.

Na sequência das ocorrências, foram efectuadas 3.139 detenções, mais 12% em relação ao período homólogo de 2022, bem como 40.765 apreensões, entre elas 401 armas de fogo e 3.620 munições.

“Foram apreendidas 401 armas de fogo por motivos diversos, de Janeiro a Setembro, 3.620 munições e 2.392 armas brancas, no exercício das nossas competências políticas em relação às armas e munições. 99.438 condutores fiscalizados, numa média diária de 364 operações de fiscalizações rodoviárias realizadas em todo o território nacional. 6.984 autos de contraordenações levantados e 189 condutores foram detidos, cujos autos foram remetidos ao Ministério Público por estarem a conduzir com excesso de álcool no sangue”, sinalizou.

Para Emanuel Moreno, os dados refletem “o empenho” da Polícia Nacional no combate à criminalidade, visando a segurança e tranquilidade públicas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,16 nov 2023 11:50

Editado porAndre Amaral  em  21 jul 2024 23:30

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.