Ministério das Finanças revela dados da execução orçamental de Janeiro

PorAndre Amaral,5 mar 2018 17:51

Dados revelados, hoje, pelo ministério das Finanças mostram que o saldo global do Estado, em Janeiro, foi positivo e que se registou “um superavit de 0,2% do PIB”, ou seja, o Estado poupou 373 mil contos em Janeiro deste ano quando comparado com igual período do ano passado.

Segundo o relatório elaborado pelo Ministério das Finanças, as receitas totais ultrapassaram os três milhões de contos o que significa um aumento de 0,6% relativamente a Janeiro do ano passado. Estes resultados, explica o documento, foram conseguidos pela “conjugação do decréscimo dos impostos directos (-4,9%) do aumento dos impostos indirectos (+5,9%) e da diminuição dos donativos (-99,8%)”.

Despesas correntes aumentam

No entanto, segundo o mesmo documento, as receitas correntes dos Estado aumentaram 11% em Janeiro deste ano face ao mesmo período do ano passado o que representou um aumento de 2.997,6 milhões de CVE.

“Esta evolução resulta do agravamento verificado nas despesas com pessoal (3,9%), nas despesas com aquisições de bens e serviços (13,9%), nas despesas com transferências correntes (61,7%) e nas despesas com benefícios sociais (12,3%)”, justifica o ministério das Finanças.

Programa de investimento público

Por último, a execução do programa de investimento público (despesas correntes e activos não financeiros) atingiu, conforme avança o Ministério das Finanças os 334,0 milhões de CVE, “representando 1,9% do valor do orçamento actual de 2018. Do montante pago, 47,7% (159,3 milhões de CVE) foram financiados pelo Tesouro, 44,1% (147,2 milhões de CVE) por Donativo e 7,9% (26,2 milhões de CVE) por Empréstimos”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,5 mar 2018 17:51

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  6 mar 2018 12:53

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.