Juventude e agenda digital são temas de resoluções hoje aprovadas

PorExpresso das Ilhas, Lusa,18 jul 2018 18:15

A importância da juventude e da agenda digital na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) foram assinaladas em duas resoluções aprovadas hoje na cimeira do bloco lusófono, que terminou esta tarde, no Sal.

Em uma das resoluções foi referido que é necessário incentivar o secretariado-executivo da CPLP a robustecer as suas parcerias com o Escritório da Organização Internacional de Trabalho (OIT) e o Escritório da Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI), em Lisboa.

Estas parcerias deverão desenvolver uma reflexão sobre a temática do "Futuro do Trabalho para os Jovens", no âmbito da celebração do centenário da OIT, em 2019, com o intuito de promover a reflexão das vantagens económicas do empreendedorismo jovem e a sua inserção no mercado de trabalho em cada Estado-Membro. 

O documento também referiu a adopção pela X Conferência dos Ministros da Juventude e Desportos da CPLP, do "Plano de Ação para a Juventude 2018-2022". 

A resolução ainda felicitou a secretariado-geral da Conferência dos Ministros da Juventude e do Desporto da CPLP pela parceria desenvolvida com o Organismo Internacional da Juventude para a Ibero-América (OIJ), tendo em conta a necessidade de criação de sinergias e a convergência de programas de juventude entre o espaço da CPLP e o espaço ibero-americano. 

O documento saudou ainda a realização do evento alusivo aos 70 anos da assinatura da Declaração Universal dos Direitos Humanos, previsto para ocorrer em Cascais, em Novembro de 2018, numa parceria a desenvolver entre o secretário-executivo da CPLP, a Secretaria Geral da Conferência dos Ministros da Juventude e do Desporto da CPLP e o Fórum da Juventude da CPLP, que contará com a presença de jovens dos espaços da CPLP, da Ibero-América, da Commonwealth e da Francofonia, reforçando assim a mobilização dos jovens na defesa e promoção de referenciais universais e humanistas. 

Sobre a agenda digital, outra resolução aprovada referiu que foi tomado nota, com satisfação, da aprovação da "Agenda Digital para a CPLP", pela X Reunião de Ministros das Comunicações da CPLP, realizada em Malabo, Guiné Equatorial, a 04 de Junho de 2018. 

O documento saudou ainda a aprovação pela X Reunião de Ministros das Comunicações da CPLP da "Declaração de Malabo", que identifica os mecanismos para o acompanhamento e monitorização da implementação da "Agenda Digital para a CPLP".  

O bloco lusófono entende que a "Agenda Digital para a CPLP" deve ser entendida como um conjunto de princípios e práticas que poderão servir de referência aos Estados-Membros, como um guião estratégico em matéria digital para a formulação e implementação de iniciativas digitais. 

Durante a XII conferência de chefes de Estado e de Governo da CPLP, que decorreu terça-feira e hoje, Cabo Verde assumiu a presidência rotativa da organização, por um período de dois anos, e com o lema "Cultura, Pessoas e Oceanos. 

Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste são os Estados-membros da CPLP. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,18 jul 2018 18:15

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.