​Inaugurado no Mindelo o 76º Centro de Língua Portuguesa

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,19 jul 2019 7:07

Augusto santos Silva e Luís Filipe Tavares
Augusto santos Silva e Luís Filipe Tavares(Rádio Morabeza)

A instalação do Centro de Língua Portuguesa no Mindelo é mais um passo na consolidação da cooperação entre Portugal e Cabo Verde, neste caso, a nível da educação e investigação. Palavras proferidas quinta-feira pelo ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal.

Augusto Santos Silva discursava na tarde desta quinta-feira, em São Vicente, durante a inauguração do centro, instalado na faculdade de Educação e Desporto, da Universidade de Cabo Verde. Na sua intervenção, o chefe da diplomacia portuguesa destacou a importância da cooperação bilateral na área da educação, com foco nas pessoas.

“Por isso é que é tão importante a educação como área da cooperação. Por isso é tão importante assinalar mais este passo que se dá com a inauguração do Centro de Língua Portuguesa da Universidade de Cabo Verde no seu polo do Mindelo. Estes passos que vamos dando são tijolos com os quais vamos construindo um muro sólido no âmbito da educação, juntamente com outras áreas. Mas esta área específica é a educação e a investigação na nossa língua comum”, refere.

O Centro de Língua Portuguesa resulta de um protocolo de cooperação assinado entre o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e a Universidade de Cabo Verde. Do lado do Governo de Cabo Verde, o ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades, Luís Filipe Tavares, aponta o português como a língua do conhecimento. Por isso, quer trabalhar em cooperação com o Instituto Camões para melhorar o seu ensino no país.

“O Governo de Cabo Verde aposta, de forma muito clara, no reforço da Língua Portuguesa em cabo Verde. Quero aqui, em nome do Governo, dizer ao Instituto Camões que queremos trabalhar de mãos dadas para melhorarmos o ensino da Língua Portuguesa no nosso país. É muito importante para o nosso desenvolvimento cultivarmos e falarmos bem o português. É a língua do conhecimento”, diz.

A nova estrutura no Mindelo é o 76º Centro de Língua Portuguesa criado pelo Camões em 46 países.

Para a Universidade de Cabo Verde, a instalação do centro no Mindelo, que actualmente dispõe de um acervo bibliográfico de 750 títulos, testemunha a cooperação que a instituição tem vindo a desenvolver com diferentes entidades e instituições portuguesas.

O Centro de Língua Portuguesa disponibiliza uma biblioteca, um espaço de pesquisa, um espaço de reuniões e um gabinete de trabalho.

O objectivo é apoiar, a nível científico, os estudantes de Licenciatura em Língua Portuguesa e Estudos Cabo-verdianos, desenvolver actividades no âmbito da investigação em didáctica da Língua Portuguesa, além de produzir bibliografia e material de apoio que sustente práticas de divulgação e ensino da Língua Portuguesa.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,19 jul 2019 7:07

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.