JPAI diz que Orçamento do Estado para 2020 não traz esperanças para a juventude

PorSheilla Ribeiro,28 nov 2019 14:20

Fidel de Pina
Fidel de Pina

A Juventude do PAICV defendeu hoje que o último Orçamento do Estado da legislatura não traz mais esperanças e melhores perspectivas à juventude cabo-verdiana.

Em conferência de imprensa, o presidente da JPAI, Fidel de Pina, afirmou que o Orçamento de Estado de 2020 vem confirmar aquilo que aquela organização juvenil tem afirmado desde o início da legislatura: “Este Governo falhou no compromisso assumido com a juventude Cabo-verdiana. Este é último orçamento desta legislatura e infelizmente não encontramos medidas de políticas públicas para as grandes respostas à juventude cabo-verdiana”, indicou.

Fidel Cardoso de Pina denunciou ainda que os jovens agricultores e criadores de gado não sentem uma atenção do Governo após três anos consecutivos de seca.

“Grande parte dos agricultores e criadores de gado deste país são jovens e não sentem a preocupação e nem tão pouco a sensibilidade do Governo para a sua causa através de medidas de políticas para atravessarem a seca severa e o mau ano agrícola que assolou o país”, declarou.

O líder da jota do PAICV apontou ainda a falta de segurança que se vive no país e que afecta toda a sociedade alegando que é preciso medidas “ a montante e a jusante”.

“Não devem ser tomadas medidas apenas repressivas e de revisão de leis. A falta de investimentos para resolver os problemas das assimetrias e distribuição dos rendimentos tem criado desigualdades sociais gritantes que afectam grandemente a juventude que não tendo outras soluções muitas vezes enveredam para outros caminhos”, declarou.

A JPAI entende e pede ao governo que no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento de Estado de 2020, que se reflicta sobre algumas propostas, como Programa que visa investir em Residências Estudantis, Fomento da Investigação Científica nas Universidade em Cabo Verde; Reforço da Capacitação Técnico-Profissional e da Especialização dos jovens quadros da Administração Pública cabo-verdiana. Fidel de Pina indicou ainda o Fomento de consultorias desenvolvidas por universidades cabo-verdianas através dos seus estudantes; Melhoramento e reforço da refeição quente nas escolas primárias, estendendo o mesmo para as Escolas Secundárias dos municípios que se dedicam mais à actividade agrícola e pecuária e a Isenção do IVA no abastecimento de água para os jovens agricultores e criadores de gado.

Fidel de Pina fez saber que os jovens empresários, especialmente os micro, têm reclamado de “perseguição” por parte do Ministério das Finanças para que possam pagar impostos com multas, sem que lhes sejam criadas as condições para que possam desenvolver a sua actividade e cumprir o que a lei diz em termos do fisco.

“Mas o que têm reclamado e muito os jovens empresários é essa perseguição até porque não podemos esquecer que se prometeu taxa 0 durante as campanhas eleitorais”, recordou. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,28 nov 2019 14:20

Editado porSara Almeida  em  6 dez 2019 8:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.