O novo governo da X Legislatura

PorJorge Montezinho,19 mai 2021 11:25

19 ministros, 9 secretários de estado e algumas novidades. Novo elenco governativo já foi apresentado e toma posse esta quinta-feira.

“Dá-nos a garantia de ser um governo eficaz, numa altura em que temos grandes desafios”, disse Ulisses Correia e Silva, depois da audiência com o Presidente da República, esta terça, onde apresentou o novo governo da X Legislatura. “Poderá gerar mais despesa? Sim, mas trará como contrapartida melhores resultados e mais eficiência e eficácia”.

Jorge Santos, Joana Rosa, Edna Oliveira e Filomena Gonçalves [ver caixa] são as caras novas da equipa liderada por Ulisses Correia e Silva, num elenco com poucas alterações. “No dia em que formar governo for fácil, deixaremos de estar na política. Por vezes sou acusado de conservador, e em algumas coisas sou, mas se não houver necessidade de mudar é preferível manter, e com ganhos que têm a ver com curva de experiencia, mais tempo, mais experiencia, daí ter mantido o essencial do governo anterior”.

Jorge Santos, antigo presidente da Assembleia Nacional, e inicialmente apontado novamente para o cargo, acaba por integrar o governo depois do PAICV afirmar que não ia apoiar a sua reeleição. Ulisses Correia e Silva optou por deitar água na fervura. “O presidente do parlamento é o presidente de todos os deputados e tem de garantir uma votação alargada para a sua eleição. O Jorge Santos deixará de exercer o cargo e vai para uma pasta importante. Tivemos o cuidado de colocar alguém com experiencia política e que conhece as comunidades. O peso político é importante em varias áreas da governação”.

Outra alteração é a passagem de Janine Lélis da tutela da justiça para o ministério da defesa e a entrada de Joana Rosa. Ulisses Correia e Silva justificou a mudança. “São sempre opções, a Janine Lélis desempenhou bem o cargo de ministra da justiça, estava motivada para outras funções e desempenhará bem os novos cargos. Joana rosa é uma jurista com experiencia política, esta talhada para este cargo”.

Para esta legislatura, Ulisses Correia e Silva traça como objectivos “governar bem, desempenhar bem a nossa função, cumprir o programa do governo, tendo em conta os desafios que temos pela frente: vencer a pandemia, a retoma económica, as transformações estruturais em todos os domínios e garantir um ambiente político favorável a estas transformações. Estou a falar do governo, do parlamento, dos partidos, do conselho de concertação social, das entidades patronais, dos sindicatos, para nos engajarmos no essencial, garantir que o país atravessa esta fase difícil com determinação”.

O Chefe do Governo reiterou ainda o objectivo de vacinar 70 por cento da população cabo-verdiana este ano e identificou as lutas do futuro: a retoma do turismo, o alívio da dívida externa, o desenvolvimento do capital humano, a transição energética e a diversificação da economia. “Estamos engajados para um mandato transformador e para atingir os objectivos, sendo o principal eliminar a pobreza extrema”, concluiu Ulisses Correia e Silva.

A tomada de posse do governo da X Legislatura acontece esta quinta-feira, às 17h, no Palácio do Presidente da República. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Jorge Montezinho,19 mai 2021 11:25

Editado porClaudia Sofia Mota  em  22 set 2021 23:21

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.