Calabaceira tem a maioria de casos suspeitos de dengue na Cidade da Praia

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,22 nov 2023 16:15

O coordenador do Programa de Luta Anti-vectorial na cidade da Praia avançou hoje que a zona da Calabaceira tem maior número de casos suspeitos da dengue neste momento, seguido de Achada Santo António, Platô Achadinha e Fazenda.

António Veiga, que é também supervisor nacional do programa anti-vectorial, falava no âmbito da campanha organizada pela Delegacia de Saúde da Praia, que se iniciou hoje nas instituições, domicílios e escolas com pulverização no combate à dengue, doença que assola o país, actualemente.

“As zonas que tem maior número de casos suspeitos são Calabaceira, seguido de Achada Santo António, Ponta d’água, Achada São Filipe, Achada Grande Frente e Traz”, apontou, avançando que os casos confirmados estão localizadas nas zonas de Achada Santo António, Palmarejo, Platô, Achada Grande Trás e Ponta d’água.

Neste sentido, lembrou, igualmente, que as zonas de maior foco que sempre existiram são Castelão, Várzea e Fonton, mas destacou que neste momento todas zonas são consideradas de risco.

Segundo este responsável, a campanha que está sendo realizada nos diferentes municípios tem como objetivo reforçar os mecanismos de resposta aos casos de dengue, assim como diminuir e reduzir densidade vectorial e propagação da doença.

António Veiga disse que durante algumas semanas vão estar no terreno duas equipas, uma de luta anti-larval e a outra de pulverização nos domicílios para reduzir esses focos dos mosquitos.

O coordenador do Programa de luta anti-vectorial informou, por outro lado, que a maior parte de foco dos mosquitos encontradas no terreno durante a campanha é dentro de casas, das instituições e escolas, sublinhando que a maior parte é devido a tanques e fossas mal vedadas, barril, bidões nas casas abertas e pneus, entre outros focos.

Neste aspecto, recomendou atenção à população aos locais de foco, tampando os recipientes, ter a casa e arredores sempre limpos e conservar bem a água em casa que pode proliferar ovos que produzem os mosquitos.

Na manhã de hoje, a equipa de luta anti-vectorial esteve a pulverizar a sede da Polícia Judiciária, em Achada Grande Frente, Escola Miraflores e habitações na zona de Pensamento.

Uma outra equipa esteve hoje reunida para uma ação de formação destinada aos militares no quartel de Achada Limpo.

No período da tarde, a delegada de Saúde da Praia vai se reunir com a Comissão Municipal de Saúde e outros parceiros para acertarem as estratégias para organização de uma campanha de limpeza e eliminação dos focos de mosquitos na capital.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,22 nov 2023 16:15

Editado porAndre Amaral  em  19 abr 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.