Caplan Neves recebe amanhã o Prémio de Dramaturgia

PorExpresso das Ilhas,4 jun 2019 14:45

Caplan Neves
Caplan Neves(Txon-Poesia Divulgação)

O escritor Caplan Neves recebe amanhã, quarta-feira, formalmente, o prémio pela vitória na 2ª edição do Concurso Nacional de Dramaturgia, organizado pelo Centro Cultural Português Polo do Mindelo.Um prémio pelo qual diz se sentir “muito honrado”.

“Sinto-me muito honrado, porque este é um concurso muito importante, necessário, um concurso que promove e dá visibilidade à escrita dramatúrgica, estimula a produção de mais textos nesse género e tem este potencial para impulsionar a qualidade da dramaturgia e do teatro que se faz em Cabo Verde”, diz Caplan Neves ao Expresso das Ilhas às vesperas da cerimónia oficial de entrega do prémio que lhe coube.

Nesta que foi a segunda edição do Concurso Nacional de Dramaturgia concorreram 18 trabalhos oriundos de cinco ilhas do arquipélago. “O Cheiro dos Velhos”, foi o texto que o júri - constituído por José Luís Peixoto (poeta e dramaturgo português), Mariana Faria (leitora do Camões I.P. em Cabo Verde, e vogal da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa na UNI-CV) e Olavo da Luz (cineasta e agente cultural cabo-verdiano) – escolheu premiar.

“É uma peça que fala essencialmente sobre politica, sobre justiça e também de narrativas. De como as narrativas constroem ou deformam a realidade. De forma transversal, também aborda outros temas como o assédio sexual”, explica o autor que ainda diz sobre o seu texto tratar-se de uma espécie de alegoria onde duas personagens encontram-se numa praia e “uma delas trata a outra forma cruel e arbitrária. Vai chegando a uma narrativa que o outro personagem depois contrapõe.E remete um pouco aos que assistimos dos políticos em que acabamos por nunca saber em que versão acreditar”.

Dramaturgo com um percurso já assinalável, Caplan Neves, 34 anos, natural de Santo Antão, tem no currículo peças como “Teorema do Silêncio” premiada em 2013 na iniciativa Mindel Awards. Uma colectânea de textos seus para teatro foi editada em 2015 pela Associação Mindelact, inserida na “Colecção Dramaturgia Nacional”.

Conforme estabelece o regulamento do concurso, “O Cheiro dos Velhos” será encenado pelo Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo, sob direcção de João Branco. Do prémio fazem também parte a atribuição de um valor monetário de 75 mil escudos e a edição da obra escolhida em livro.

No ano passado, a 1ª edição do Concurso Nacional de Dramaturgia teve como vencedor o texto “Tudojunto Separado” de Lisa Reis, que focava temáticas como a homofobia, a xenofobia e a Violência Baseada no Género.

Esta iniciativa do Centro Cultural Português Polo do Mindelo pretende valorizar a expressão literária em Língua Portuguesa e estimular a produção de textos para teatro em Cabo Verde. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,4 jun 2019 14:45

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 jun 2019 23:22

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.