​Livro "Manel D'Novas", de César Monteiro apresentado em Lisboa

PorDulcina Mendes,24 nov 2022 14:22

O livro “Música e Sociedade Cabo-verdiana – Múltiplos Olhares sobre o Perfil e Obra de Manel D’Novas”, de César Monteiro será apresentado este sábado, 26, no Centro Cultural de Cabo Verde, em Lisboa (Portugal). A apresentação da obra estará a cargo de Joaquim Saial e Humberto Ramos.

O livro, segundo uma nota enviada, consagra-se à análise da música cabo-verdiana nas suas múltiplas dimensões e à obra artística do compositor Manel d’Novas, proeminente figura da música nacional falecida em Setembro de 2009 e insere-se num contexto mais lato de muitos outros estudos, que debatem as músicas nacionais e populares do mundo inteiro. 

A obra está subdividida em quatro partes e possui 17 capítulos. “O livro, de 793 páginas, faz o necessário enquadramento teórico e conceitual e, logo de seguida, nas duas primeiras partes, debruça-se sobre a música na sociedade cabo-verdiana com enfoque sobre os diversos géneros que caracterizam o universo musical e um conjunto de questões concretas e de interesse”.

“Feito o devido enquadramento da música cabo-verdiana, a parte seguinte da obra debruça-se, de forma aprofundada, sobre a vida e a obra de Manel d’Novas, nas suas múltiplas facetas, partindo de múltiplos olhares de mais de 250 entrevistados, numa estreita ligação entre as dimensões teórica e empírica”, refere a mesma fonte.

Já na quarta parte do livro, a vocação, o percurso musical e o contributo de Manel d’Novas são analisados em pormenor com destaque, particularmente, para as dimensões literária, lírica e poética da sua obra; os principais ciclos evolutivos do compositor, o seu processo de crescimento e a periodização da sua obra musical, entre outras, numa estreita ligação entre o contexto musical e o valioso cancioneiro do compositor que legou à sociedade cabo-verdiana.

César Augusto Monteiro é Embaixador de carreira aposentado, tendo desempenhando o cargo de Embaixador de Cabo Verde na República do Senegal até 2017, altura em que se aposentou. É, desde 2017, investigador a tempo inteiro nas áreas da Sociologia da Música, da Cultura e das Migrações.

É detentor de um percurso académico bem sucedido, que iniciou na Universidade de La Habana, onde estudou Sociologia entre 1976 e 1980. De 1989 a 1991 fez uma pós-graduação em Sociologia na Universidade Frederico II, em Nápoles, Itália.

É doutorado em Sociologia pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, onde fez o doutoramento entre os anos de 2005 e 2010, e é investigador do CIES – Centro de Investigação e Estudos Sociais, do mesmo Instituto Universitário.

No período decorrido entre 2008 e 2009, frequentou os cursos livres de música clássica administrados pela Fundação Calouste Gulbenkian. Mais recentemente, em 2018, fez o curso de Teoria Musical na Escola de Música Piano Sucess, na Cidade da Praia.

Até 2014 foi docente de várias cadeiras de Sociologia na Uni-CV - Universidade de Cabo Verde e no Instituto de Ciências Jurídicas e Sociais, entre outros estabelecimentos de ensino superior.

César Monteiro é autor de vários artigos e ensaios publicados em jornais e revistas nacionais (Cabo Verde) e é colunista do semanário Expresso das Ilhas.

No seu currículo constam livros consagrados às áreas das migrações, da música e da cultura, como são exemplos, “Comunidade Imigrada. Uma Visão Sociológica: o caso da Itália” - 1997; “Recomposição do Espaço Social Cabo-verdiano” - 2001; “Manel d’Novas: Música, Vida, Caboverdianidade” - 2003; “Música Migrante em Lisboa: Perfis e Trajectos de Músicos Cabo-verdianos”, tese de doutoramento nas áreas da Sociologia da Música, da Cultura e das Migrações - 2011; “Música e Sociedade Cabo-Verdiana. Múltiplos Olhares sobre o Perfil e Obra de Manel d’Novas (Volume I)”, edição de autor, Praia, 2021. Em preparação tem o Volume II do seu livro “Música e Sociedade Cabo-Verdiana''. A Morna na Ilha de Santiago, a Imagem Social do Músico e a Música Cabo-Verdiana no Futuro. (Vol. II).

Além dos livros acima referidos, organizou uma obra de cariz biográfico intitulado “Guilherme Dias Chantre: Um Educador e Líder Carismático''. Homenagem de Antigos Alunos da Escola Técnica do Mindelo”, em 2010.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,24 nov 2022 14:22

Editado porAndre Amaral  em  26 nov 2022 23:27

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.