Novas tarifas da Binter entram hoje em vigor

PorExpresso das Ilhas,24 fev 2020 17:23

A Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV), antiga Binter-CV, começou a partir de hoje, 24 de Fevereiro a praticas as novas tarifas decretadas pelo governo, “com a finalidade de favorecer a mobilidade entre as diferentes ilhas do arquipélago”.

As novas tarifas assentam no Decreto-Lei nº 54/2019 de 10 de Dezembro, que obriga, nomeadamente, à reserva de 10% dos lugares em cada linha para a tarifa social, com pelo menos 40% de desconto, beneficiando idosos, estudantes e famílias numerosas.

De acordo com uma nota da companhia, enviada hoje, os pontos principais a destacar são, assim, “a introdução das tarifas Sociais e a tarifa Fleximais, que permitem maior flexibilidade e vantagens aos passageiros, tal como as tarifas exclusivas para os Cidadãos Nacionais”.

A Tarifa Social, que é “a grande novidade” vem permitir como acima referido que “determinadas categorias de passageiros, viajar entre as ilhas de uma forma mais acessível”, proporcionando “um desconto mínimo de 40% à tarifa de referência”

Os passageiros que podem usufruir desta tarifa são: “indivíduos de 65 anos ou mais, equipas deportivas inscritas nas federações oficiais, membros de famílias numerosas a partir dos 12 anos e estudantes com idades comprendidas entre os 12 e 25 anos”, recorda a empresa.

Quanto à Tarifa Flexível, também prevista no Decreto-lei nº 54/2019, esta inclui “serviços adicionais como a alteração de data e hora, sem penalização”.

A TICV assegura ainda aos seus clientes que “vai manter, através do seu callcenter, nas redes sociais e na sua página web, assim como nos canais de vendas parceiros, informações adicionais acerca das tarifas.”

A nota faz ainda referência a duas portaria que regulam o pagamento da bonificação e 'reembolso do diferencial' após a entrada em vigor do novo regime para as tarifas aplicáveis no transporte aéreo regular doméstico de passageiros.

As mesmas, publicadas em Boletim Oficial a 30 de Janeiro, prevêm a implementação de uma plataforma digital.

No entanto, até à implementação da mesma, que deverá ter um mecanismo célere de autenticação documental, e de acordo com a Portaria, “a aquisição de bilhetes com tarifa para Cidadãos Nacionais e as tarifas Sociais, que requerem documentação adjunta, não serão disponibilizadas online”, avisa a companhia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,24 fev 2020 17:23

Editado porSara Almeida  em  19 nov 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.