Estatísticas de 2020 mostram caída a pique em todos os transportes

PorSara Almeida,26 fev 2021 10:25

Em ano fortemente afectado pela pandemia da COVID-19, todos os movimentos por ar, terra ou mar desceram significativamente. A percentagem concreta da queda foi hoje divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu relatório anual da Estatística de Transportes.

Os movimentos de aeronaves, de passageiros, das cargas e dos correios diminuíram nos aeroportos e aeródromos nacionais. Houve uma diminuição nos movimentos dos navios, das mercadorias, dos passageiros e de contentores nos portos nacionais. Diminuíram os movimentos de passageiros no transporte colectivo urbano regular de passageiros por meio de autocarros.

Ou seja, todas as áreas relacionadas com os transportes diminuíram no ano passado.

Começando pelo tráfego área, segundo os dados recolhidos trimestralmente junto da Agência de Aviação Civil (AAC) e da Aeroportos e Segurança Aérea (ASA), em 2020, o número de aviões movimentados nos aeroportos e aeródromos nacionais, decresceu 62,1%.

Em números absolutos isso traduz-se na descida dos 35.202 movimentos de aeronaves registados em 2019, para os 13.357, de 2020.

image

O tráfego de passageiros diminuiu 71,4%, a tonelagem de cargas movimentadas decresceu 46,3% e a tonelagem dos correios movimentados diminuiu 50,6%, em relação ao ano de 2019, sintetiza o INE.

Para ilustrar, se em 2019, passaram pelos aeroportos e aeródromos nacionais 2.771.919 passageiros, esse número caiu para 793.302 em 2020.

É de realçar que no último trimestre, a diminuição está acima da média anual, tendo-se registado uma diminuição de 72,9% de aviões movimentados, uma diminuição de 85,8% no número de movimentos de passageiros; e uma diminuição de 56,6% nos correios movimentados nos aeroportos e aeródromos. Diminuição calculada face ao período homólogo de 2019, conforme a Estatísticas dos Transportes 4º Trimestre 2020, também divulgada hoje. Apenas as toneladas das cargas movimentadas registam uma melhoria comparativamente à média anual, registando uma diminuição de 43,2% nas toneladas de cargas movimentadas.

Durante o no de 2020, sem surpresa, o 2.º trimestre (durante o qual Cabo Verde esteve em estado de Emergência) foi o trimestre com piores resultados.

image

Estatísticas dos Transportes 4º Trimestre 2020

Transporte marítimo

Nos portos nacionais, 2020 também foi um ano com diminuição em todas as variáveis contempladas, embora o impacto da pandemia não tenha sido tão arrasante. Assim, mostram os dados disponibilizados pela ENAPOR ao INE, “o número de navios movimentados decresceu 20,8%, o número de passageiros movimentados diminuiu 31,7%, a tonelagem de mercadorias movimentadas reduziu 36,9% e o número de contentores de 20 pés (teus) movimentados diminuiu 20,8%, comparativamente ao ano de 2019”.

Em termos absolutos, relata o INE, no ano de 2020, registaram-se 6.226 movimentos de navios nos portos de Cabo Verde, 1.634 movimentos a menos, face ao ano de 2019.

image

Olhando unicamente para o 4.º trimestre, destaca-se uma recuperação a nível das mercadorias, registando-se, ainda assim, uma diminuição de 13,5% no número das mercadorias movimentadas nos portos nacionais, em relação ao mesmo período de 2019.

Ainda sobre as mercadorias, olhando os números, em 2020 “movimentaram-se nos portos de Cabo Verde, 362.454 toneladas de mercadorias carregadas (179.921 toneladas a menos do que em 2019), 1.073.544 toneladas de mercadorias descarregadas (713.077 toneladas a menos do que em 2019) e 248.342 toneladas de mercadorias em transbordo/granel líquido (90.573 toneladas a menos do que em 2019)”.

image

Estatísticas dos Transportes 4º Trimestre 2020

Quanto aos passageiros, se em 2019 mais de um milhão (1.060.715), passou pelos portos cabo-verdianos, esse número não foi além dos 724.040 em 2020.

Transporte urbano - Autocarros

Em 2020, “nos transportes colectivos urbanos regulares de passageiros por meio de autocarros, o número de passageiros transportados diminuiu 31,6%, a extensão de percursos decresceu ligeiramente 1,4%, o total de quilómetros percorridos decresceu 31,3%, o total de horas trabalhadas reduziu 23,1%, o índice de passageiros transportados por quilómetros nos diversos percursos decresceu 7,2% e o número de lugares oferecidos pelos autocarros também diminuiu 13,0%, face ao ano de 2019”, resume o INE.

image

Em termos absolutos, em 2020, registaram-se 13.794.316 passageiros transportados nos autocarros em Cabo Verde, 6.380.793 passageiros transportados a menos do que em 2019. Houve menos 3.291.645 lugares oferecidos do que em 2019.

O 4.º trimestre trouxe melhoria neste sector, com a diminuição, face a Outubro, Novembro e Dezembro de 2019 a situação na ordem dos 18,9% no que toca ao número de passageiros transportados nos autocarros.

image

Estatísticas dos Transportes 4º Trimestre 2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,26 fev 2021 10:25

Editado porSara Almeida  em  27 out 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.