​BVC destaca facilidade de investimento em projectos da economia azul com Plataforma Blu-X

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,18 nov 2022 15:26

Cabo Verde dispõe de todas as condições para que a plataforma Blu-X funcione na plenitude. Trata-se de uma plataforma tecnológica e de mercado, criada para facilitar investimentos em instrumentos financeiros orientados para a capitalização de projectos inovadores e sustentáveis na economia azul, disse hoje o PCA da Bolsa de Valores.

Miguel Monteiro falava hoje, em São Vicente, durante a apresentação da Taxonomia Azul e Normas para a Emissão de Títulos Azuis em Cabo Verde. Na prática, são critérios científicos, cujo trabalho foi realizado pela Universidade Técnica do Atlântico, que permitem identificar um projecto dentro da economia azul e as regras estabelecidas pela auditoria geral do mercado de valores mobiliários.

“Estamos a viver um momento histórico, porque tudo isto servirá para alimentar a plataforma Blu-X. Com a plataforma, vai ser possível listar todo o tipo de instrumentos sustentáveis, nomeadamente instrumentos verdes, sociais e, a partir de agora, instrumentos azuis. Ou seja, a plataforma Blu-X tem todas as condições, a partir de hoje, para termos os investimentos na área da economia azul, o que permitirá a Cabo Verde tirar proveito de todo o potencial que tem”, explica.

A ideia é promover uma transição para uma economia global mais sustentável, reduzir os riscos associados às mudanças climáticas e aproveitar as oportunidades de negócios impactadas pelas mudanças climáticas.

As iniciativas resultam da cooperação entre a Bolsa de Valores de Cabo Verde e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no âmbito do acordo de cooperação e financiamento do projeto de solução tecnológica e de mercado denominado plataforma Blu-X.

Steven Ursino, representante do PNUD Cabo Verde, que participou via plataforma digital, explicou que o objectivo é diversificar as fontes de financiamento que podem contribuir para o desenvolvimento socioeconómico sustentável e inclusivo do país.

“O objectivo final é mitigar as vulnerabilidades decorrentes da pobreza, desigualdade, mudança climática, apenas para citar alguns. Estamos a estabelecer quatro blocos principais: avaliação, estratégia de financiamento, monitoria ou avaliação e coordenação. O nosso projecto conjunto da Blu-X com a Bolsa de Valores é estratégico para o país. Aqui apoiamos a Bolsa de Valores na aceleração do financiamento sustentável para a economia azul”, aponta.

Na plataforma tecnológica, a Bolsa da Valores surge como intermediária entre potenciais investidores e quem precisa de financiamento para levar avante os seus projectos.

O acto de apresentação da Taxonomia Azul e Normas para a Emissão de Títulos Azuis em Cabo Verde foi presidido pelo ministro do Mar, Abraão Vicente, também via plataforma digital. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,18 nov 2022 15:26

Editado porSara Almeida  em  26 nov 2022 21:20

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.