Cabo Verde integra hoje Acelerador Global das Nações Unidas

PorExpresso das Ilhas, Lusa,2 fev 2024 7:49

Os governos de Cabo Verde e Portugal juntam-se hoje às Nações Unidas numa cerimónia, na cidade da Praia, para anunciar a entrada de Cabo Verde no Acelerador Global das Nações Unidas sobre o Trabalho e Protecção Social.

O anúncio oficial desta adesão será feito num evento presidido pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, contando com a participação da ministra do Trabalho de Portugal, Ana Mendes Godinho, e da coordenadora residente das Nações Unidas em Cabo Verde, Patrícia Sousa.

“Esta iniciativa global, coordenada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), tem como objectivo fomentar a recuperação do emprego e a criação de, no mínimo, 400 milhões de empregos dignos” a nível global, “além de expandir a protecção social para as populações até então excluídas”, anunciou o Governo, em comunicado.

Cabo Verde e Portugal subscreveram há 10 dias uma candidatura às Nações Unidas para, no âmbito deste programa acelerador, apoiar um projecto de formação profissional.

Trata-se de uma iniciativa de formação orçada em quatro milhões de euros, a dois anos, para abranger 2.000 pessoas.

A qualificação vai abordar áreas classificadas como essenciais para Cabo Verde e para Portugal, formando capital humano para o país, mas que também possa casar com interesses de empresas portuguesas, anunciaram os promotores.

O projecto abrange as energias renováveis, economia digital, áreas sociais, turismo, metalomecânica, mecatrónica e construção civil, entre outras.

O Governo tem ainda a ambição de que o projecto com Portugal ajude a fazer do arquipélago "um centro de formação para a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP)", disse, na altura, o vice-primeiro-ministro Olavo Correia.

Os promotores esperam que o projecto comece a receber os primeiros formandos ainda este ano.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,2 fev 2024 7:49

Editado porAndre Amaral  em  28 fev 2024 13:21

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.