Destaques da edição 911

PorExpresso das Ilhas,15 mai 2019 0:37

1

Nesta edição, o Expresso das Ilhas destaca a decisão do Conselho de Ministros que aprovou uma pensão para as vítimas do Partido Único. Diploma foi aprovado, em Abril, em Conselho de Ministros e já deu entrada na Assembleia Nacional. Aprovação depende, apenas, dos votos favoráveis do MpD.

O governo quer atribuir uma pensão de 75 mil escudos às vítimas dos casos de tortura e maus tratos, ocorridos em São Vicente e Santo Antão, em 1977 e 1981.

Também neste número, Tao Zhang director-adjunto do FMI: “São necessários mais esforços” para reduzir a dívida. O director-adjunto do Fundo Monetário Internacional, Tao Zhang, chega esta quarta-feira a Cabo Verde para uma visita de dois dias. Da agenda constam encontros com autoridades e empresários nacionais. Numa entrevista exclusiva, por email, ao Expresso das Ilhas, o responsável aplaude o progresso social e económico registado “nas últimas décadas” e pede a “implementação firme” de reformas.

Convenção de Estabelecimento: Frescomar Investe, Governo Isenta. A Frescomar tem em curso um projecto de reinvestimento de oito milhões de contos, que lhe abriu portas para a assinatura de mais uma Convenção de Estabelecimento. Assim, em “troca” desse investimento no Sal e São Vicente - que deverá trazer novo impulso para o sector, bem como a criação de 250 postos de trabalho - reiteram-se incentivos aduaneiros e fiscais, para esta sociedade que é responsável por cerca de 80% das exportações nacionais.

ISIS: África Ocidental cada vez mais alvo do Estado Islâmico. A migração do radicalismo islâmico para a África Ocidental não é nova, mas o fim do califado do autoproclamado Estado Islâmico (ISIS) no Médio Oriente vem aumentar as preocupações. O movimento dos muçulmanos extremistas está a acontecer, principalmente, na região do Sahel e volta a pisar as fronteiras do antigo califado de Sokoto. As autoridades cabo-verdianas garantem estar atentas.

A reportagem: Santos (também) de casa. Dia 19 de Maio celebra-se o Município da Praia, que muito se confunde com a Cidade da Praia. Mas Praia município é mais. É também São Tomé, São Francisco e São Martinho Pequeno. Três pequenas localidades arredadas do centro urbano e que crescem no seu próprio ritmo. Um ritmo demasiado lento em alguns casos. Emprego e água são as principais reivindicações. Mas há quem também queira melhor acesso à internet. Consideradas zonas urbanas, estas localidades espelham, na sua reduzida dimensão as contradições e os desafios que em escala maior vive a cidade da Praia, centro do município.

Ainda Arlindo Carvalho: A Cruz Vermelha não é apenas Totoloto. A Cruz Vermelha de Cabo Verde é a mais antiga organização de carácter humanitário existente em Cabo Verde, criada 14 dias após a independência pelo segundo Decreto-lei do governo sob a designação “Associação da Cruz Vermelha de Cabo Verde”. Nesta entrevista, o novo presidente Arlindo Carvalho fala do já longo percurso desta organização humanitária em Cabo Verde e das reformas institucionais levadas a cabo no seu mandato, apresenta os projectos e programas em curso e faz o balanço da campanha de mobilização de fundos e donativos que a CVCV montou para apoiar as vítimas do ciclone Idai, em Moçambique.

No interior, a opinião de Armindo Ferreira, A deriva do MpD, Figuras do Estado e o Dia do Município; de Gil Évora, A judicialização da política em Cabo Verde; e de Manuel Brito-Semedo, Escola de Arte e Ofício ou Oficina de Cunke.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,15 mai 2019 0:37

Editado porDulcina Mendes  em  20 mai 2019 10:57

1

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.