Destaques da edição 997

PorExpresso das Ilhas,6 jan 2021 0:01

Esta semana no Expresso das Ilhas a manchete é feita com as entrevistas a Ulisses Correia e Silva e a Janira Hopffer Almada. Os presidentes dos dois maiores partidos fazem um balanço do ano que terminou e perspectivam o ano que agora começou.

O presidente do MpD e primeiro-ministro defende que 2020 foi um ano de privações e provações para os cabo-verdianos, mas Ulisses Correia e Silva não tem dúvidas que se o país não tivesse tido um bom desempenho económico até 2019, os efeitos da pandemia seriam desastrosos. O Primeiro-ministro afirma que Cabo Verde está no caminho certo para vencer a pandemia e criar assim as condições para a recuperação da economia e para o relançamento da vida social normal.

Visão diferente tem a líder do PAICV. No início de mais um ano eleitoral a presidente do maior partido da oposição não hesita em criticar as medidas tomadas pelo governo em altura de pandemia. Janira Hopffer Almada garante que há sinais dados que mostram que a sociedade quer mudança e critica o governo por não dar o exemplo quando exige sacrifícios aos cabo-verdianos.

Destaque igualmente para a reportagem que faz o balanço no sector comercial em 2020. Para os lojistas e comerciantes, 2020 ficou marcado pela falta de clientes e pelas restrições impostas pela pandemia, mas mostram-se esperançosos de que em 2021 haja um aumento do volume de negócios. Embora os comerciantes estejam optimistas, a Câmara de Comércio de Sotavento (CCS) não prevê nenhuma retoma positiva até o mês de Julho.

Outro dos temas que tem chamada de primeira página é a nomeação de Óscar Santos como governador do Banco de Cabo Verde. O antigo autarca da Praia é o escolhido pelo governo para liderar o Banco Central. Nomeação conhecida esta segunda-feira, através de publicação no Boletim Oficial. MpD considera normal esta opção por parte do executivo, partidos da oposição criticam a escolha.

Com a COVID-19 a continuar a marcar a actualidade chega a notícia que Cabo Verde já tem um equipamento que vai permitir saber qual a estirpe do vírus que está presente em Cabo Verde, isto numa altura em que a taxa de prevalência da doença continua a dar sinais de abrandamento em Cabo Verde.

Por último, destaque para a opinião de António Espírito Santo Fonseca com ‘Formação do governo da república e “turbulência regimental”‘, de Maria Luísa Inocêncio com ‘Ensino Remoto de Emergência (ERE) pode ser um agente de contaminação em contexto de pandemia (II)’ e de César Monteiro com ‘Celina Pereira, a guardiã das nossas tradições’

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,6 jan 2021 0:01

Editado porAndre Amaral  em  26 jan 2021 7:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.