​Partidos estão a construir pacto de estabilidade na Guiné-Bissau

PorExpresso das Ilhas, Lusa,6 jun 2018 9:53

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes, disse hoje que os partidos representados no parlamento do país estão a construir um pacto que servirá de guia para a estabilidade política.

"Os partidos representados na assembleia estão a construir um pacto de estabilidade. Como sabem, estamos a preparar um pacto de estabilidade cujo 'draft' já está distribuído para os partidos políticos", afirmou Aristides Gomes, no aeroporto de Bissau, momentos antes de viajar para Lisboa e Bruxelas.

Segundo o primeiro-ministro, o pacto de estabilidade irá servir de base para a governação futura do nosso país, depois das eleições.

"Esse pacto condensa as principais ideias que devem ser resolvidas para que o nosso país possa encontrar a sua própria estabilidade política", salientou.

Aristides Gomes explicou que o pacto de estabilidade determina os "eixos de uma acção conjunta, de todos os partidos políticos e com envolvimento da sociedade civil".

Lembrando que o actual Governo emerge de um consenso entre partidos políticos, com a aceitação do Presidente guineense, José Mário Vaz, Aristides Gomes disse que há um novo "espírito de diálogo" no país.

Aristides Gomes foi nomeado primeiro-ministro da Guiné-Bissau em Abril, tendo formado um Governo onde estão representados partidos políticos com assento parlamentar, conforme previsto no Acordo de Conacri.

A nomeação de Aristides Gomes pôs fim ao impasse político que a Guiné-Bissau vivia há cerca de três anos.

O principal objectivo do novo Governo guineense é a organização de eleições legislativas, previstas para 18 de Novembro.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,6 jun 2018 9:53

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 nov 2018 3:22

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.