Líderes da CIA, Mossad, Qatar e Egipto reúnem-se para trégua em Gaza

PorExpresso das Ilhas, Lusa,13 fev 2024 14:25

William Burns, Director da CIA
William Burns, Director da CIA

Os directores dos serviços secretos norte-americanos e israelitas, o primeiro-ministro do Qatar reúnem-se hoje com líderes egípcios, no Cairo, para "trabalhar por uma trégua na Faixa de Gaza", segundo meios de comunicação egípcios.

De acordo com a televisão Al Qahera News, o chefe da CIA, William Burns, o chefe da Mossad, David Barnea, e o primeiro-ministro do Qatar, Mohammed bin Abdulrahman Al-Thani, reúnem-se, no Egipto, numa altura em que aumenta a pressão internacional por um acordo de tréguas entre Israel e o movimento islamita palestiniano Hamas em Gaza.

Israel anunciou que uma próxima ofensiva contra a cidade palestiniana superpovoada de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, pode estar próxima.

Por sua vez, o Hamas está "aberto à ideia de discutir qualquer iniciativa para pôr fim à agressão e à guerra", garantiu à AFP um dos seus líderes sob condição de anonimato.

"O Hamas e outros movimentos palestinianos aguardam os resultados das conversações no Cairo", acrescentou.

A guerra foi desencadeada em 07 de Outubro por um ataque sem precedentes de comandos do Hamas infiltrados da Faixa de Gaza para o sul de Israel, que resultou na morte de mais de 1.160 pessoas, a maioria civis, de acordo com uma contabilização da AFP baseada em dados israelitas oficiais.

Em retaliação, o Governo israelita prometeu destruir o Hamas, que está no poder na Faixa de Gaza desde 2007. Mais de 28 mil pessoas foram mortas desde o início da guerra no território palestiniano, a grande maioria civis, segundo o Ministério da Saúde do governo do Hamas.

Segundo Israel, 130 reféns ainda estão em Gaza, 29 dos quais acredita terem morrido, das cerca de 250 pessoas raptadas em 7 de Outubro.

Uma trégua de uma semana em Novembro permitiu a libertação de 105 reféns em troca de 240 palestinianos detidos por Israel.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,13 fev 2024 14:25

Editado porAndre Amaral  em  14 abr 2024 23:27

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.