Judiciária no Sal detém quadrilha acusada de crimes contra património

PorFretson Rocha,13 dez 2017 12:32

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Sal, deteve, entre os dias 11 e 12 de Dezembro, uma quadrilha de cinco indivíduos, do sexo masculino, acusados da prática, em co-autoria, de vários crimes contra o património, anunciou hoje a polícia de investigação.

De acordo com uma nota de imprensa da PJ, enviada à nossa redacção, entre os delitos cometidos constam assaltos a residências, apartamentos, quartos de hotéis e a pessoas, mormente aos turistas. O valor dos roubos, entre objectos e dinheiro, rondava os 2.500 contos.

Segundo o mesmo documento, os referidos crimes foram cometidos entre Dezembro de 2015 e Setembro de 2017.

“Nessa operação, que contou com o apoio da Polícia Nacional, foram recuperados vários objectos, os quais foram entregues aos legítimos proprietários”, lê-se na nota.

Os detidos, com idades compreendidas entre 18 e 26 anos, foram apresentados esta manhã ao Ministério Público.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha,13 dez 2017 12:32

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 nov 2018 3:23

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.