Prisão preventiva para alegado autor do incêndio no Planalto Leste

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,1 ago 2018 8:39

Planalto Leste
Planalto Leste(Inforpress)

​O suposto autor do incêndio florestal ocorrido sexta-feira, 27, no Planalto Leste de Santo Antão, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, determinou o Tribunal Judicial da Comarca do Porto Novo.

Trata-se de um indivíduo do sexo masculino, de 29 anos, residente em Água das Caldeiras, no Planalto Leste, sobre quem recaem suspeitas de ser o autor de um crime de fogo posto que originou o incêndio de grandes proporções que, na última semana, devastou cerca de 200 hectares do perímetro florestal do Planalto Leste (cerca de 13% da mancha florestal).

O indivíduo foi detido segunda-feira à noite, fora de flagrante delito, pela Policia Judiciária.

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que esteve ontem de visita ao Planalto Leste para avaliar o impacto do incêndio, regozijou-se com a detenção do suposto autor de fogo posto que originou o incêndio e disse esperar que “casos desses devem ser castigados exemplarmente para que não façam escola”.

O ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, para quem está-se perante “uma situação muito grave”, prevê um período de “mais de cinco anos” para a recuperação da floresta.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,1 ago 2018 8:39

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.