Arranca campanha contra infecção por parasitas intestinais

PorExpresso das Ilhas, Lusa,3 dez 2018 8:16

Crianças do pré-escolar ao 6.º ano do ensino básico começam esta segunda-feira a receber um medicamento para reduzir a infecção por parasitas intestinais.

A campanha nacional, da responsabilidade do Ministério da Saúde e da Segurança Social e do Ministério da Educação, com o apoio técnico e financeiro do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e da Organização Mundial de Saúde (OMS), pretende abranger todas as crianças que frequentam os jardins de infância e as escolas até ao 6.º ano do ensino básico.

O governo recorda que "as doenças helmínticas [vermes] podem ser prevenidas e combatidas através de algumas medidas de saúde pública comprovadas, de baixo custo e efectivas, destacando-se o saneamento básico, a higiene do meio, a educação para a saúde e as medidas antiparasitárias".

A OMS recomenda que, "nas populações onde as crianças em idade escolar são parasitadas, além de outras estratégias de intervenção, deve-se também fazer a desparasitação de modo a diminuir a gravidade e a mortalidade por certas doenças como a diarreia". 

Para a desparasitação, a OMS recomenda os medicamentos Medendazol ou Albendazol.

Estes medicamentos, na forma de comprimido, irão ser administrados às crianças uma vez por ano e por uma profissional de saúde, com a colaboração de um monitor ou professor. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,3 dez 2018 8:16

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  9 dez 2018 20:19

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.