Cabo Verde elabora estratégia para combate ao tabagismo

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,31 jul 2018 11:44

Criar um grupo trabalho multissectorial para delinear estratégias para a implementação da Convenção-quadro da OMS na área do combate ao tabagismo é um dos objectivos do Atelier de Reforço para o Controlo do Tabaco, que arrancou hoje, na cidade da Praia.

A Directora Nacional da Saúde, Maria da Luz Lima, diz que os dados de Cabo Verde, relativamente ao tabaco, não são muito maus, comparados com os outros factores de risco.

"Alem de fazer uma análise da situação no país, pretende-se também delinear estratégias para a implementação das recomendações da Convenção-quadro da OMS. Os dados de Cabo Verde não são muito maus", esclarece. 

Dados do último inquérito sobre doenças não transmissíveis, realizado em 2007, indicam que nove em cada cem cabo-verdianos usam tabaco. No decorrer do atelier, serão lançadas as bases para a elaboração do Plano Estratégico Multissectorial, que será implementado no país, conforme diz Maria da Luz Lima.

"Esse grupo de trabalho, que está aqui reunido, irá fazer recolhas, trabalhar o plano e prevemos que, em Dezembro de 2018, já tenhamos um plano, com as normas, as recomendações, para implementação efectiva da Convenção-quadro da OMS”, avança

O atelier de Reforço da Implementação da Convenção-quadro da OMS para o Controlo do Tabaco é realizado pelo Ministério da Saúde e da Segurança Social, através da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas, em parceria com a Organização Mundial da Saúde e o Ministério de Saúde do Brasil.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,31 jul 2018 11:44

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.