​II Fórum da OMS sobre a Saúde em África arranca hoje na Praia

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 mar 2019 8:30

A epidemia de Ébola e os efeitos do ciclone Idai serão alguns dos temas em debate a partir de hoje na Praia, no II Fórum da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a Saúde em África.

“Alcançar a cobertura universal de saúde e segurança sanitária em África: a África que pretendemos” é o tema deste encontro internacional que decorre até quinta-feira e em que são esperados mais de 600 participantes.

Entre os participantes convidados contam-se ministros da Saúde da região africana e outras autoridades públicas, assim como representantes dos principais actores do sector da saúde, como universidades, organizações não-governamentais e fundações, entre outros.

São igualmente esperados 30 finalistas de um concurso para soluções inovadoras para o sector da saúde em África.

Disponibilizar uma plataforma para discutir estratégias inovadoras sobre desafios persistentes em matéria de saúde pública na região africana, promover uma apropriação e governança reforçadas dos países para a saúde e explorar formas concretas para os parceiros contribuírem na reforma do trabalho da OMS na região africana são objectivos do encontro.

Além da cerimónia de abertura, vai realizar-se hoje a primeira sessão do fórum: “Levar a cobertura universal da saúde para o próximo patamar em África: Não deixar ninguém para trás”.

Nesta sessão, serão identificados “os meios para garantir que os serviços essenciais estejam a ser disponibilizados às populações, sem perder os ganhos obtidos até agora com os serviços existentes”.

Na parte da tarde, irá ser debatida a colaboração multissectorial.

A organização justifica a escolha de Cabo Verde para acolher este evento com o facto de o arquipélago ser “um excelente exemplo do que pode ser alcançado onde há vontade política e colaboração multissectorial para a saúde”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 mar 2019 8:30

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 out 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.