​Prisão preventiva para homens acusados de burla de dois mil contos na Boavista

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta segunda-feira, 4, na ilha da Boavista, dois homens suspeitos da prática de crimes continuados de burla qualificada que ascendem os dois mil contos. Presentes ao Tribunal da Comarca da Boavista, os dois indivíduos de 28 e 29 anos ficaram em prisão preventiva.

De acordo com a PJ, suspeita-se que os indivíduos em causa, através de sistema fraudulento, acediam as contas bancárias das vítimas, transferiam dinheiro dessas contas para uma outra aberta em nome de uma empresa por eles criada, na agência do BCA, em Sal Rei, e depois faziam os levantamentos dos montantes. Através de comunicado, a PJ dá conta que até ao momento já foram identificadas duas vítimas, sendo uma cidadã estrangeira e outra nacional, ambas clientes do BCA.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,6 fev 2019 7:46

Editado porFretson Rocha  em  28 out 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.