Prisão preventiva para homem que disparou contra agentes da polícia e civis

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,26 ago 2019 8:07

​Um homem suspeito de agressão a tiro contra quatro civis e três agentes da Polícia Nacional, na localidade de Principal, concelho de São Miguel, vai aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva, decretou o Tribunal da Comarca do Tarrafal.

O indivíduo, de 31 anos, foi detido na quinta-feira, fora de flagrante delito, por intermédio de um mandado de busca e detenção, emitido pelo Tribunal da Comarca.

O caso, segundo fonte policial, ocorreu no dia anterior à detenção, quando o suspeito, na posse de uma espingarda de 12 mm, teria atirado contra um cidadão de 55 anos de idade, que ficou com “graves ferimentos” no rosto, tendo sido socorrido no Centro de Saúde local e, mais tarde, transferido para o Hospital Central da Praia.

“A Esquadra de Calheta de São Miguel foi informada e agiu de imediato tendo-se deslocado ao local da ocorrência, mas o suspeito já tinha fugido para as imediações da sua residência”, lê-se em nota das autoridades.

Relata a Inforpress que, quando chegaram ao local, os agentes foram surpreendidos por disparos provenientes do agressor, que acertaram em três agentes e mais quatro civis. 

Já noite, o suspeito manteve-se escondido numa zona mal iluminada e com forte vegetação. A Polícia Nacional decidiu, então, reforçar a sua equipa para proceder à detenção, esperando pelo amanhecer. Nessa altura, e perante os 25 agentes mobilizados, o suspeito rendeu-se e foi detido. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,26 ago 2019 8:07

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 out 2019 23:23

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.