Cerimónia fúnebre de Giovani presidida pelo Cardeal Dom Arlindo Furtado

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,17 jan 2020 11:47

A missa do corpo presente e a encomendação do corpo de Luís Giovani Rodrigues, prevista para sábado, 18, no largo da igreja matriz, na cidade de Igreja, Mosteiros, vai ser presidida pelo cardeal Dom Arlindo Furtado.

Com efeito, a paróquia da Nossa Senhora da Ajuda, Mosteiros, divulgou hoje a programação da cerimónia fúnebre de Luís Giovani, com missa de corpo presente e encomendação do corpo às 10:00, com transmissão em directo nas páginas no Facebook da paróquia da Nossa Senhora da Ajuda e da Diocese de Santiago de Cabo Verde.

O corpo, que chegou à ilha do Fogo na tarde da passada segunda-feira, 13, e que se encontra no Centro de Saúde dos Mosteiros, vai ser transportado hoje, a partir das 19h00, para a capela de Nossa Senhora de Fátima, em Fajãzina, palco da cerimónia do ofício de defunto.

O corpo do estudante mosteirense será velado durante toda a noite na referida capela, situada a escassos metros da residência dos familiares de Luís Giovani, em Fajãzinha.

No sábado, o cortejo fúnebre parte da capela de Nossa Senhora de Fátima, em Fajãzinha, às 08:30, até a Câmara Municipal dos Mosteiros, onde o estudante, falecido a 31 de Dezembro, vitima de agressão ocorrida em Bragança, Portugal, será homenageado.

A cerimónia de homenagem contará com, pelo menos, três intervenções, do representante do Ministério da Educação, do presidente do Instituto Politécnico de Bragança e do presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros, seguindo depois para a igreja matriz.

Após a missa de corpo presente e da encomendação do corpo, resididas pelo cardeal, o corpo de Giovani será sepultado no cemitério da cidade de Igreja, Mosteiros.

Espera-se a presença de centena de pessoas na cerimónia fúnebre, não só dos Mosteiros como dos outros municípios da ilha do Fogo, assim como de algumas entidades, que para o efeito deslocam-se aos Mosteiros.

O pai de Giovani, que se deslocou a Portugal na sequência deste incidente, chegou quarta-feira à ilha do Fogo.

Luís Giovani dos Santos Rodrigues, de 21 anos, recorda-se, morreu no passado 31 de Dezembro, vitima de agressão em Bragança para onde tinha deslocado em finais de Outubro de 2019 para formação em design de jogos digitais, no Instituto Politécnico de Bragança.

Giovani era um dos mais promissores artistas dos Mosteiros tendo destacado na banda Beatz Boys, um grupo integrado por jovens formados pela paroquia de Nossa Senhora da Ajuda.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,17 jan 2020 11:47

Editado porSara Almeida  em  31 mai 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.