COVID-19: Mais um caso positivo em Cabo Verde

Cabo Verde inicia testes de despistagem do coronavírus na próxima semana

PorAndre Amaral,6 mar 2020 15:10

O ministro da Saúde anunciou, hoje, em conferência de imprensa, que o laboratório de rastreio para infecções por coronavírus estará operacional na próxima semana.

Depois de confirmar que o exame ao caso suspeito divulgado no início da semana tinha tido um resultado negativo, Arlindo do Rosário anunciou que "Cabo Verde se mantém sem qualquer caso de infecção" e que durante a próxima semana o laboratório habilitado a fazer os testes de despistagem para possíveis infecções já estará em funcionamento.

“Até ao final da segunda semana do mês de Março, o laboratório nacional de virologia já terá capacidade para realizar o teste para o coronavírus e na próxima terça-feira será apresentado o Plano Nacional de Contingência para a prevenção e controlo do Covid-19. O nosso laboratório está preparado para casos de arboviroses como é o caso da dengue e do zika, mas como este é o caso de um vírus novo teria de haver, em termos técnicos e de preparação, um upgrade. Isso está a ser feito e, segundo a presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, até ao final da segunda semana deste mês já teremos condições para realizar o teste aqui”, assegurou o ministro.

Arlindo do Rosário agradeceu ainda ao Instituto Nacional Ricardo Jorge (Portugal), que realizou os exames, “a forma muito pronta respondido à nossa demanda”.

Questionado se, até agora, o ministério da Saúde tinha enviado penas uma amostra para testes em Portugal e se haveria mais casos suspeitos, o ministro esclareceu que o único “caso considerado suspeito foi esse, que foi relatado em São Vicente. Mas tivemos de fazer, até para preparar a logística do transporte e ver como é que estávamos organizados, um teste anterior que não foi comunicado porque não era um caso suspeito. O primeiro caso suspeito é o de São Vicente que foi prontamente comunicado”.

“Não tivemos até agora mais nenhum caso suspeito em Cabo Verde e não temos nenhum caso de infecção”, reforçou.

Questionado sobre a subida dos preços das máscaras de protecção para as vias respiratórias no mercado nacional o ministro lembrou "que esse problema está a acontecer em vários países", mas frisou igualmente que "é conveniente informar a população que tem havido um uso que não é recomendável de máscaras"

"As máscaras são indicadas para quem está com infecção, não para quem se está a tentar proteger"

Ao todo, segundo o governante, já foram mobilizados cerca de 77 mil contos dos orçamentos dos vários ministérios para fazer face à epidemia e “já foram contratados cerca de 100 profissionais de saúde não só para reforçar as equipas sanitárias de vigilância aeroportuária, mas também nos espaços destinados ao isolamento de doentes nos hospitais e centros de saúde”.

Além disso, acrescentou Arlindo do Rosário, “já foi contratualizada a compra de equipamentos médico-hospitalares para as áreas de cuidados especializados no valor de 38 mil contos e já foram adquiridos equipamentos de protecção individual”.

Germano Almeida foi, até ao momento, o único caso suspeito de infecção por coronavírus em Cabo Verde. Depois de alguns dias em isolamento no Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente, os resultados das análises enviadas para o Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa, mostraram que o escritor não está infectado com a doença.

"Confirmado oficialmente !!! Teste de Corona vírus a Germano Almeida deu negativo !!! Que todos sejam !!!". Foi com estas curtas exclamações, acompanhadas por uma foto do escritor, que o filho do prémio Camões deu a notícia no Facebook.

O novo coronavírus atingiu já sete países africanos - Argélia, Senegal, Egipto, Nigéria, Marrocos, Tunísia e África do Sul.

Este surto de Covid-19, detectado em Dezembro, na China, e que pode causar infecções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.300 mortos e infectou mais de 95 mil pessoas em 79 países, incluindo 13 em Portugal.

Das pessoas infectadas, mais de 50 mil recuperaram.

Além de 3.012 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas, San Marino, Iraque, Suíça e Espanha.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,6 mar 2020 15:10

Editado porSara Almeida  em  4 abr 2020 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.