“Isolamento de pessoas infectadas com a COVID -19 não deve ser visto como um castigo” - Primeiro-ministro

PorDulcina Mendes,7 mai 2020 11:39

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, diz que o isolamento de pessoas infectadas com a COVID -19 não deve ser visto como um castigo e nem como a marcação junto da sociedade e da comunidade onde vive.

Ulisses Correia e Silva fez essa afirmação na sua página da rede social Facebook e reforçou que o isolamento é um acto que deve ser valorizado positivamente. 

“A pessoa infectada, sem sintomas de doença, que vai para o isolamento está a contribuir para que o vírus não propague, não atinja outras pessoas. Por outro lado, estando em isolamento estará a ser seguido e mais facilmente será sujeito a intervenção médica se a infecção evoluir para a doença”, explica.

O chefe do Governo sublinhou que cada assintomático recuperado deve ser motivo de celebração. “E considera-se recuperado segundo critérios médicos, depois da realização de testes com resultados negativos. Não deve haver drama na entrada para o isolamento. Na saída deve haver celebração porque uma vez recuperada, a pessoa que estava infectada não transmitirá o vírus a outras pessoas”.

O Primeiro-ministro lembrou que quanto menos transmissões houver, mais controlada será a propagação do vírus, mais rapidamente todos se libertam das restrições, mais duras à vida social e económica que todos estão a viver e a sentir.

“Durante o isolamento é exigido um comportamento responsável. O lugar de isolamento não é espaço para festas e nem para minimizar os efeitos do vírus. Transmitir para a sociedade a ideia de que a COVID -19 é uma brincadeira, poderá colocar em risco muitas outras pessoas que não são tão saudáveis ou tão jovens quanto os que abrem o peito” ao vírus”, indica.

E intensificou que não temos que mostrar os músculos à COVID- 19, mas sim temos que ser inteligentes no combate, cumprir as regras e as instruções das autoridades e não induzir nos outros comportamentos que só prejudicam a todos.

De sublinhar que o Primeiro-Ministro fez essa afirmação depois da duplicação de dois vídeos, nas redes social feitas pelas pessoas que testaram positivos para COVID – 19 e que estão em isolamento. 

Cabo Verde regista até este momento 191 casos positivos. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,7 mai 2020 11:39

Editado porSara Almeida  em  15 fev 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.