Covid-19: Cabo Verde prevê receber cerca de 220 mil vacinas da Pfizer para 20% da população

PorExpresso das Ilhas, Lusa,22 jan 2021 14:39

220 mil doses de vacinas contra a covid-19 da Pfizer vão servir para imunizar 20% da população de Cabo Verde, anunciou hoje o ministro da Saúde e da Segurança Social.

Em declarações na cidade da Praia, à margem da inauguração de obras no Hospital Agostinho Neto, Arlindo do Rosário avançou que as vacinas vão ser adquiridas através da plataforma Covax – promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Aliança para as Vacinas.

“Muito provavelmente nesta primeira fase vamos ter a Pfizer. É uma vacina que traz algum desafio, na medida em que precisa ser conservada a temperaturas negativas, até menos de 70 graus, mas já temos as arcas necessárias para conservação”, afirmou o ministro.

Ainda segundo o governante, as vacinas serão adquiridas no âmbito da plataforma global, que determina que cada país tem direito, numa primeira fase, a doses suficientes para vacinar cerca de 20% da sua população com duas doses, em que no caso de Cabo Verde são pouco mais de 100 mil pessoas.

Apesar de sublinhar o “grau de fiabilidade bastante grande” da vacina da Pfizer, o ministro não descartou a possibilidade de o país adquirir mais doses posteriormente de outros laboratórios.

“Estaremos abertos, desde que hajam vacinas certificadas em termos de biossegurança e qualidade, estaremos a avançar para outras”, enfatizou o titular da pasta da Saúde de Cabo Verde, esclarecendo que as vacinas serão adquiridas pelo país de forma gratuita.

Arlindo do Rosário disse que os valores até agora mobilizados, junto do Banco Mundial e de um programa da sub-região da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), vão servir para adquirir mais vacinas no futuro.

A vacinação em Cabo Vede vai começar pelos profissionais de saúde e pelas pessoas “com maior risco de ter a forma grave da covid-19”.

Segundo o Governo, a lista prioritária integra ainda os elementos “que estão na linha da frente”, como a Polícia Nacional, a Proteção Civil e as Forças Armadas.

Mas também “as pessoas que trabalham no domínio do turismo, no sentido de dar mais segurança aos turistas”, sector que garante 25% do Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,22 jan 2021 14:39

Editado porAndre Amaral  em  21 out 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.