Três portugueses detidos na Praia ao tentarem embarcar com testes falsos

PorExpresso das Ilhas, Lusa,4 abr 2021 18:32

​Três cidadãos portugueses foram detidos em flagrante delito, na sexta-feira, no aeroporto internacional da Praia, tentando embarcar para Portugal com testes PCR à covid-19 “com fortes indícios de ser fraudulentos”. A informação é avançada pela Polícia Nacional, em comunicado.

Sem adiantar pormenores, a Polícia Nacional explica que "os três cidadãos portugueses foram detidos e apresentados às entidades judiciárias para os devidos efeitos processuais".

“Os cidadãos detidos, na posse de testes com indícios de serem fraudulentos, pretendiam seguir viagem com destino a Portugal”, explica polícia .

Portugal e Cabo Verde exigem, para entrada no país, reciprocamente, testes PCR negativos à covid-19 realizados com pelo menos 72 horas de antecedência.

Ainda no mesmo dia, 02 de Abril, um outro cidadão de nacionalidade portuguesa foi detectado no aeroporto internacional da Praia a tentar sair do país com divisas que não tinham sido declaradas às autoridades.

O montante em causa, que a Polícia Nacional não precisou, “encontrava-se dissimulado, na bagagem do passageiro” e foi apreendido por não terem sido seguidas “as formalidades legais nacionais no que tange a movimentação de divisas”.

“O cidadão a que foi apreendido o montante seguiu viagem com destino a Portugal, sendo que o valor apreendido foi remetido ao Banco de Cabo Verde para os devidos efeitos”, lê-se no documento.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,4 abr 2021 18:32

Editado pormaria Fortes  em  1 dez 2021 23:21

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.